Leixões defende saída de Hermínio Loureiro da Liga

Hermínio Loureiro deve abandonar a presidência da Liga Portuguesa de Futebol caso seja eleito autarca pelo PSD para a Câmara Municipal de Oliveira de Azeméis, defendeu hoje o presidente do Leixões.

"Devia apresentar a sua demissão se for eleito presidente de câmara e permitir que se provoquem novas eleições na Liga", vincou, à margem de um curso de formação de elite em direcção desportiva.

O presidente do Leixões diz que já transmitiu essa opinião ao visado: "Já tive o cuidado de lhe manifestar em privado a minha preocupação por esse facto. Entendo, definitivamente, que o presidente da Liga deve ser pessoa a tempo inteiro".

"Por toda a boa vontade de Hermínio Loureiro, um presidente de câmara tem sempre muito que fazer, por isso deveria dedicar-se claramente à causa autárquica", vincou.

Hermínio Loureiro já adiou para 11 de Outubro (dia das eleições autárquicas) uma decisão quanto ao seu futuro na Liga.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG