Sérgio Conceição: "Braga candidato ao título é um exagero"

O treinador do Sporting de Braga, Sérgio Conceição, considerou "exageradas" algumas análises que colocam a equipa como potencial candidata ao título da I Liga de futebol, que inicia domingo, recebendo o Boavista.

"Algumas declarações pecam por ser exageradas. O discurso de toda a gente aqui, e o meu principalmente, foi sempre que o Braga iria lutar pelos quatro primeiros lugares do campeonato. Não podemos basearmo-nos sempre no dinheiro e pô-lo à frente de tudo", disse, numa alusão implícita ao forte investimento dos minhotos.

O treinador revelou que Matheus, Djavan (o certificado de ambos ainda não chegou), Wallace (lesionado) e Danilo (ao serviço da seleção sub-20 do Brasil) estão fora do jogo com o Boavista, considerando que, por isso, no domingo, o Braga estará "ao mesmo nível do Boavista".

"Todos os jogadores que vocês dão como muito caros estão de fora. Por isso, amanhã [domingo], em termos de investimento, estamos no mesmo patamar do Boavista, vai ser um bom jogo para a manutenção", disse.

Sobre a estreia ao serviço do Braga, disse ter sido "uma semana normal de preparação do primeiro jogo do campeonato" e estar à espera de dificuldades.

"Sabemos que vamos ter um adversário supermotivado, ouvi do seu treinador que temos mais pressão, mas é uma pressão boa, que faz parte da nossa profissão e tem que existir", disse.

Reconheceu que, por causa, da má época passada, possa haver "maior expetativa" em torno do Sporting de Braga.

"Vejo na comunicação social que existem algumas dúvidas e expetativa sobre o que vai ser o Braga, mas é normal, novo treinador, novos jogadores. Mas já não gostei de ver escrito que eu sou uma aposta de risco, acho que não há risco absolutamente nenhum. O meu trajeto é conhecido, é a terceira equipa que oriento na primeira divisão, tenho dado passos seguros, sei o que quero, sou ambicioso, jovem. Não é risco, é uma certeza", frisou.

Sérgio Conceição desvalorizou as ausências dos quatro jogadores brasileiros, lembrando que restam 19 outras opções.

"Ainda tenho que deixar um de fora", disse.

Revelou ter "estudado bem" o Boavista e disse esperar uma equipa "aguerrida, à imagem do seu treinador", o antigo internacional português Petit.

"Vem muito motivada, para muitos jogadores é a primeira vez que vão jogar na primeira divisão e contra uma equipa que, nos últimos anos, tem lutado pelos lugares cimeiros. Espero uma equipa que nos vai criar algumas dificuldades", disse.

Sporting de Braga e Boavista defrontam-se no domingo, às 19:00, no Estádio Municipal de Braga, jogo que será arbitrado por Vasco Santos, do Porto.

Exclusivos

Premium

Crónica de Televisão

Os índices dos níveis da cadência da normalidade

À medida que o primeiro dia da crise energética se aproximava, várias dúvidas assaltavam o espírito de todos os portugueses. Os canais de notícias continuariam a ter meios para fazer directos em estações de serviço semidesertas? Os circuitos de distribuição de vox pop seriam afectados? A língua portuguesa resistiria ao ataque concertado de dezenas de repórteres exaustos - a misturar metáforas, mutilar lugares-comuns ou a começar cada frase com a palavra "efectivamente"?

Premium

Margarida Balseiro Lopes

O voluntariado

A voracidade das transformações que as sociedades têm sofrido nos últimos anos exigiu ao legislador que as fosse acompanhando por via de várias alterações profundas à respetiva legislação. Mas há áreas e matérias em que o legislador não o fez e o respetivo enquadramento legal está manifestamente desfasado da realidade atual. Uma dessas áreas é a do voluntariado. A lei publicada em 1998 é a mesma ao longo destes 20 anos, estando assim obsoleta perante a realidade atual.