José Mota ainda procura a primeira vitória na I Liga

O treinador do Gil Vicente, José Mota, sabe que vai ter um jogo difícil, em Braga, contudo tem esperança em alcançar a primeira vitória da época na I Liga.

O treinador do Gil Vicente, José Mota, mostrou-se consciente das dificuldades que a equipa vai encontrar no terreno do Sporting de Braga, onde os barcelenses procuram a primeira vitória da época na I Liga de futebol.

Na antevisão ao encontro da 10.ª jornada, o técnico do Gil Vicente considerou-o "extremamente difícil", lembrando que o Sporting de Braga, sétimo classificado, com 15 pontos, "ainda não perdeu em casa e contabiliza por vitórias os jogos disputados".

"Tudo faremos para quebrar essa tendência", prometeu José Mota, cuja equipa segue no último lugar, com apenas três pontos. "Reremos de ser coesos, organizados, e perceber a forma de atuar do Braga e dos valores individuais que tem", acrescentou.

O Gil Vicente não tem conseguido segurar situações de vantagem no marcador, como aconteceu no passado domingo, frente ao Arouca, uma realidade que José Mota tem bem presente.

"Era importante que soubéssemos segurar uma vantagem, mas isso só se consegue com tranquilidade e com confiança, que se obtém com bons resultados, nomeadamente com vitórias", reconheceu José Mota, considerando que a equipa está a trabalhar bem e que, apesar das dificuldades, vai sair desta situação.

César Peixoto vai estar fora das opções devido ao processo disciplinar movido pelo clube e José Mota escusou-se a comentar a situação, dizendo apenas que "é um assunto que está a ser tratado pela direção".

O Gil Vicente treina na sexta-feira, pelas 10:00, no Estádio Cidade de Barcelos, à porta fechada, e ao início da tarde será divulgada a convocatória.

O encontro entre Sporting de Braga e Gil Vicente está marcado para as 20:15 de sábado, no estádio Axa, em Braga, e será arbitrado por Manuel Oliveira, do Porto.

Exclusivos

Premium

Clássico

Mais de 55 milhões de euros separam plantéis de Benfica e FC Porto

Em relação à época passada, os encarnados ultrapassaram os dragões no que diz respeito à avaliação do plantel. Bruno Lage tem à sua disposição um lote de jogadores avaliado em 310,7 milhões de euros, já Sérgio Conceição tem nas mãos um grupo que vale 255,5 milhões. Neste sábado, no Estádio da Luz, defrontam-se pela primeira vez esta temporada.