Guimarães derrota Setúbal e qualifica-se para a 3.ª fase

O Vitória de Guimarães qualificou-se hoje para a terceira fase da Taça da Liga de futebol ao vencer fora o Vitória de Setúbal por 2-1, em jogo da terceira jornada da segunda fase.

O triunfo do Vitória de Guimarães castiga a ineficácia dos dianteiros sadinos, que desperdiçaram uma mão cheia de oportunidades de golo ao longo de toda a partida, num jogo bem disputado e pautado pelo equilíbrio entre as duas equipas.

Apesar da ausência de alguns titulares - André Pinto, Sandro e Hélder Barbosa, entre outros -, o Vitória de Setúbal realizou uma boa partida e até poderia ter chegado ao golo da igualdade.

O Vitória de Guimarães adiantou-se aos 36 minutos, na sequência de um livre no flanco direito do seu ataque, com Flávio Meireles a marcar, depois do desvio de cabeça de um companheiro de equipa à entrada da pequena área do Vitória de Setúbal.

À beira do intervalo, o Vitória de Guimarães aumentou a vantagem num contra-ataque rápido de Targino, que rematou rasteiro e fez o segundo golo da partida.

O Vitória de Setúbal ainda conseguiu reduzir a desvantagem para 2-1 nos primeiros 45 minutos, com um grande golo de Zoro, num remate colocado que fez a bola entrar no canto superior direito da baliza de Nilson.

O Vitória de Guimarães saiu para o intervalo a vencer por 2-1, mas o Vitória de Setúbal regressou ao relvado determinado a dar a volta ao resultado, com Keita e Luís Carlos a substituírem Kazmierczak e Rui Fonte.

Os sadinos podiam ter chegado ao golo da igualdade nos primeiros minutos do segundo tempo, por intermédio de Luís Carlos, que, quase em cima da linha de golo, não conseguiu acertar na bola, para desespero dos adeptos locais.

Keita e Lourenço, que também entraram na etapa complementar, estiveram igualmente perto de conseguir o golo do empate, mas o resultado não se alterou até final da partida.

A equipa vimaranense conseguiu gerir a vantagem alcançada na etapa inicial, mas também beneficiou de várias oportunidades de golo no segundo tempo, a última das quais por intermédio de Sereno, que viu o guarda-redes Mário Felgueiras negar-lhe o 3-1.

Jogo no Estádio do Bonfim, em Setúbal.

Vitória de Setúbal - Vitória de Guimarães, 1-2.

Ao intervalo: 1-2.

Marcador:

0-1, Flávio Meireles, 36 minutos.
0-2, Targino, 42.
1-2, Zoro, 45.

Equipas:

- Vitória Setúbal: Mário Felgueiras, Ivo Pinto, Zoro, Zarabi, Ruben Lima, Djikiné, Paulo Regula (Lourenço, 67), Kazmierczak (Luís Carlos, 46), Bruno Monteiro, Guilherme de Paula e Rui Fonte (Keita, 46).

(Suplentes: Ricardo Matos, Filipe Brigues, Lourenço, Luís Carlos, Vasco Varão, Bruno Lourenço e Keita).

- Vitória de Guimarães: Nilson, Andrézinho, Gustavo, Moreno, Sereno, Flávio Meireles, João Alves (Custódio, 88), Marquinho (Alex, 46), Nuno Assis, Targino e Roberto (Rui Miguel, 84).

(Suplentes: Serginho, Alex, Custódio, Jorge Gonçalves, Rui Miguel, Carlitos e Milhazes).

Árbitro: Pedro Henriques (Lisboa).

Acção disciplinar: nada a registar.

Assistência: Cerca de 300 espectadores.

Ler mais

Exclusivos