Dérbi terminou com caixa de segurança a arder

O fogo que deflagrou este sábado nas bancadas do estádio do Benfica, em Lisboa, após o jogo de futebol com o Sporting foi dado como extinto cerca das 23:20.

As chamas começaram na bancada norte, onde estiveram os adeptos do Sporting na tão falada caixa de segurança, e foram combatidas pelos Bombeiros Lisbonenses, corpo de voluntários que assegura a prevenção contra incêndios no estádio da Luz. Tudo aconteceu após o jogo que o Benfica venceu por 1-0 - golo de Javi Garcia.

Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, esteve no relvado a acompanhar os trabalhos dos bombeiros.

Os sapadores têm destacado um chefe no estádio durante os jogos, que coordena as operações quando ocorrem situações de emergência como as de hoje, acrescentou a mesma fonte à agência Lusa.

O fogo começou após o jogo, que terminou pouco depois das 22:00, mas na central dos bombeiros lisbonenses, contactada pela Lusa, eram desconhecidos dados sobre o incêndio, assim como a hora a que começou, estragos causados ou meios envolvidos no combate às chamas.

Às 23:06, os Sapadores Bombeiros receberam um pedido para deslocarem para o estádio uma viatura de combate a incêndios urbanos para reforçar os meios que se encontravam no local, disse a fonte daquela organização de socorro.

Ler mais

Exclusivos