Dérbi adiado "por razões de segurança" para as 20.15 de terça-feira

Clubes, Liga e Proteção Civil entenderam que não havia condições para se disputar a partida. Parte da cobertura do estádio caiu nas bancadas pouco depois de a zona ter sido evacuada.

O dérbi entre Benfica e Sporting, da 18.ª jornada da I Liga, foi neste domingo adiado para as 20.15 de terça-feira, 11 de fevereiro, por razões de segurança, devido à queda de detritos da cobertura, que deixou também impraticável o relvado do Estádio da Luz, em Lisboa.

"A Proteção Civil e os dois clubes chegaram a acordo para a não realização do encontro", foi anunciado no microfones do Estádio da Luz, apelando à saída ordeira dos cerca de 50 mil adeptos presentes no recinto e relegando mais informações para mais tarde.

O início do encontro entre os "rivais" estava marcado para as 18:00, mas as duas equipas, após recolherem aos balneários dos respetivos aquecimentos, nunca chegaram a regressar ao relvado, devido à queda de detritos, inclusivamente lã de vidro, de uma parte da cobertura que terá sido danificada pelo vento. Já após as bancadas terem sido evacuadas, parte da cobertura do recinto caiu; felizmente, os adeptos já tinham abandonado essa zona, caso contrário teriam sido atingidos por um enorme pedaço de metal.

Durante o período de aquecimento das duas equipas, caíram no relvado alguns objetos, movidos pela força do vento e, já depois da hora marcada, alguns bombeiros, elementos da Proteção Civil e assistentes de recintos desportivos deslocaram-se para uma parte da estrutura da cobertura, numa altura em que voltaram a cair mais detritos no recinto.

No centro do terreno, já sido retirada a moldura que enquadra os árbitros e os "capitães" das duas equipas, no arranque dos jogos. Aguarda-se a confirmação da data para a realização do dérbi. O anúncio será feito ainda neste domingo.

Recorde todas as incidência na Luz ao minuto:

18.54 - Bruno de Carvalho e Luís Filipe Vieira conversam, à procura de agendar a data para disputar o dérbi.

18.50 - Aguardamos a confirmação da data em que a partida será disputada.

18.46 - Adeptos escapam a tragédia na Luz: acaba de cair um pedaço enorme de metal em cima das bancadas. Felizmente, os adeptos já tinham evacuado essa zona, caso contrário teriam levado com parte da cobertura da Luz em cima.

18.45 - Vários adeptos, que fizeram centenas de quilómetros para ver o clássico, protestam face ao adiamento do clássico. O Benfica insiste que era a segurança dos jogadores que estava em causa.

18.43 - O speaker esclarece, na Luz, que o jogo foi adiado "devido a razões de segurança". Os adeptos não gostam...

18.40 - Pedro Henriques, ex-árbitro, esclarece ao DN que o jogo entre Benfica e Sporting poderia ser disputado ainda neste domingo - "não é preciso tomar a decisão ao fim de 30 minutos, podem esperar uma hora e meio, se for preciso" -, desde que houvesse acordo entre todas as partes envolvidas. Não foi o caso.

18.38 - Surge a confirmação oficial: o dérbi entre Benfica e Sporting vai ser adiado, por consenso entre clubes, Liga de Clubes e proteção civil.

18.30 - Está cumprida a meia hora regulamentar para definir se há, ou não, jogo. Até agora, não há nenhuma comunicação oficial dos delegados da Liga.

18.27 - A Benfica TV adianta que "é bem provável" que o jogo seja adiado.

18.25 - Segundo os regulamentos, a equipa de arbitragem terá que informar, até 30 minutos depois da hora marcada para o apito inicial, se há ou não condições para se disputar a partida.

18.23 - Há adeptos que começam a abandonar as bancadas, para junto das zonas de restauração, numa altura em que não há informação nenhuma que aponte para o início do jogo.

18.17 - Ainda não há "luz verde" para a entrada das equipas no relvado...

18.13 - A área afetada pelo vento continua a ser avaliada e reparada no topo sul do estádio.

18.10 - Mantém-se a expetativa na Luz sobre a realização da partida, já com dez minutos além da hora que estava marcada para o apito inicial.

18.07 - Um responsável pelas infraestruturas da Luz e um bombeiro estão a avaliar a zona afetada pelo mau tempo, à procura de conferir se há risco de reincidência.

18.05 - Marco Ferreira, árbitro da partida, esteve a avaliar as condições do recinto e regressou ao túnel de acesso ao relvado.

18.02 - Há uma reunião no relvado para decidir se há condições para o jogo se disputar. O vento fez com que parte da cobertura do estádio se desfizesse e provocasse uma "chuva" de fibra de vidro e esponja no relvado.

17.58 - A partida vai começar com alguns minutos de atraso...

17.52 - Já há placas publicitárias ameaçadas pelo vento. Várias embalagens de comida e plástico "sobrevoam" o recinto de jogo.

17.50 - "Chovem" vários objetos a partir do topo sul do Estádio da Luz. As forças de segurança vão retirando o lixo do relvado, fruto das fortes rajadas de vento.

17.45 - Foram detidos cinco adeptos do Benfica, com razões ainda por apurar.

17.40 - Foi detido um adepto do Sporting antes do dérbi, por estar na posse de material pirotécnico.

17.35 - Bruno de Carvalho, como é habitual, vai assistir à partida no banco de suplentes.

17.26 - As equipas titulares já aquecem no relvado da Luz, sem chuva.

17.23 - Já há equipas oficiais e grandes surpresas: Heldon e Slimani vão ser titulares no Sporting, Cardozo fica no banco no Benfica.

17.19 - Oblak também começa a aquecer, ele que fará o primeiro dérbi na I Liga.

17.17 - Rui Patrício sobe ao relvado para iniciar os exercícios de aquecimento, juntamente com o colega Boeck.

17.14 - Segundo informações concedidas pela PSP ao DN, os incidentes registados junto à estátua de Eusébio não envolveram adeptos leoninos, mas sim um grupo de adeptos do Benfica que, enquanto entrava no estádio, atirou garrafas e outros objetivos à polícia.

17.11 - A chuva dá "tréguas" em Lisboa, numa altura em que os adeptos vão entrando no estádio de forma ordeira e sem mais incidentes a registar.

17.06 - O estádio da Luz não terá "casa cheia", mas a moldura humana será superior a 50 mil adeptos, dos quais pelo menos três mil serão sportinguistas.

17.04 - Há um adepto do Sporting a receber assistência do INEM, na sequência de confrontos nas imediações do estádio. As forças de segurança tentam serenar os ânimos.

17.02 - O vento e a chuva são ameaças ao dérbi, mas a partida deverá ser disputada, embora fora das melhores condições.

17.00 - A uma hora do início do dérbi entre Benfica e Sporting, registaram-se distúrbios entre adeptos junto à estátua de Eusébio. Tal acontece já depois de grande parte da massa adepta leonina ter sido encaminhada para a "caixa de segurança".

Benfica e Sporting disputam neste domingo (18.00) a liderança isolada da I Liga, no último dérbi entre os dois eternos rivais da época 2013/14, no estádio da Luz. Os encarnados, com vantagem de dois pontos sobre os leões, reúnem o favoritismo próprio de quem é líder, joga em casa e apresenta um orçamento que ronda o triplo do adversário, mas o Sporting sonha com a primeira vitória na Luz desde 2006.

A equipa de Jorge Jesus leva sete vitórias "caseiras" consecutivas frente ao Sporting, a última das quais em novembro, na Taça de Portugal, por 4-3, após prolongamento. Depois de ter empatado (1-1) em Alvalade na primeira volta, as águias procuram manter a supremacia da última década em dérbis, embora Jorge Jesus alerte que o Sporting "é candidato ao título" e conte com a "pressão dividida" entre os dois rivais.

A equipa de Leonardo Jardim, técnico que nunca ganhou a Jesus, admitiu o desejo de "matar o borrego" no Estádio da Luz, de onde poderá sair líder à 18.ª ronda pela primeira vez desde 2002, precisamente o ano do último título. Os leões não podem contar com os imprescindíveis Jefferson e William Carvalho, enquanto nas águias Salvio é a única baixa de vulto. A arbitragem estará a cargo do madeirense Marco Ferreira.

Ler mais

Exclusivos