Académica garante manutenção, Feirense desce

Óscar Cardozo chega aos 20 golos e fica à beira de se sagrar o melhor marcador da Liga. FC Porto vence em Vila do Conde com "mão cheia" de golos e hat-trick de Kléber.

Ponto final nas contas da classificação da Liga 2011/12. A 30.ª e última jornada da competição, que ainda será concluída com o Sporting-Sporting de Braga (21.15), trouxe a "salvação" à Académica, que cumpriu a sua parte com sucesso e garantiu a manutenção, enquanto o Feirense desceu à Liga de Honra, uma ano depois de ter sido promovido ao escalão máximo do futebol português. Na lista de goleadores, Óscar Cardozo marcou e está à beira de se sagrar o melhor marcador da Liga pela segunda vez, desta vez com 20 golos.

Em Guimarães, a Académica conseguiu vencer o Vitória por 1-2, resultado que, por si só, dava a manutenção aos "estudantes". Diogo Valente (45+2') deu vantagem à Académica, Bruno Teles (65') empatou a partida, mas Edinho entregou a vitória à Briosa a dez minutos do final. O Feirense precisava de vencer em Barcelos, mas acabou derrotado por 3-1. Hugo Vieira, no adeus aos gilistas, marcou o primeiro golo (43'), mas Diogo Rosado empatou o jogo no início da segunda parte. Zé Luís, contudo, "atirou" a equipa de Santa Maria da Feira para a segunda Liga, com um 'bis' em quatro minutos (78' e 82').

No Bonfim, Óscar Cardozo conseguiu o precioso golo que lhe confere vantagem sobre Lima (20-19) na lista de goleadores do campeonato. Custou, mas o paraguaio fez o 1-3 em cima do minuto 90 frente ao Vitória de Setúbal. Rafael Lopes até colocou os sadinos em vantagem (12'), mas Bruno César assinou a reviravolta com um "bis" (34' e 62'). Depois de bolas na trave, ao lado da baliza e nas mãos de Diego, Cardozo conseguiu faturar e entregar a pressão a Lima, que entrará em cena em Alvalade "obrigado" a marcar.

Em Vila do Conde, a festa foi do FC Porto e a tarde de Kléber. O avançado brasileiro fez um "hat-trick" na segunda parte de uma partida que terminou com vitória portista por 2-5 e que juntou os guarda-redes Bracalli e Kadu à lista de campeões nacionais. Aos 20 minutos os dragões, com Hulk no banco, já venciam por 0-2, com golos de Djalma e James Rodríguez, mas João Tomás, num penálti resultante de um fora de jogo não assinalado, reduziu para 1-2 antes do intervalo. Na segunda parte, Kléber fez três (bons) golos que lhe darão, certamente, ânimo para a próxima época. Pelo meio, o "dragãozinho" Atsu, jogador emprestado pelo FC Porto, cometeu uma pequena "traição" e marcou para o Rio Ave. Destaque, ainda, para a utilização de Iturbe na segunda parte, onde o argentino não conseguiu juntar pontos a seu favor.

O Marítimo empatou a um golo com o Rio Ave. Rúben Ferreira adiantou os insulares no marcador, mas Vítor empatou a partida. O Olhanense foi a Aveiro vencer o Beira-Mar, com golos de Jander e Dady contra o tento de Nildo. Na Marinha Grande, a já despromovida União de Leiria até conseguiu recuperar de uma desvantagem de dois golos (Djaniny e Shaffer faturaram após Mateus e Claudemir), mas um penálti convertido por Mateus, no último minutos, deu a vitória ao Nacional, por 2-3.

Marcha do marcador:

90+3' CARDOZO MARCA! No último suspiro do jogo no Bonfim, o paraguaio fez o 1-3 para o Benfica e ganhou vantagem na luta pelo estatuto de melhor marcador.

90+2' GOLO DO NACIONAL! 2-3 frente à União de Leiria, com o segundo penálti da partida a dar a vitória aos insulares.

90' GOLO DO FC PORTO! HAT-TRICK DE KLÉBER! Uma segunda parte de sonho para o jovem brasileiro, que faz o 2-5 após assistência de Hulk. Uma injeção de confiança para a próxima época.

81' GOLO DA ACADÉMICA! EDINHO! Os "estudantes" fazem o 1-2 em Guimarães e carimbam a permanência na primeira Liga.

80' GOLO DO GIL VICENTE! 3-1, por Zé Luís, e o Feirense vai mesmo descer de divisão.

77' GOLO DA U. LEIRIA! Está feito o empate na Marinha Grande, depois do Nacional ter estado a vencer por dois golos. Marcou Shaffer.

79' GOLO DO BEIRA-MAR! Os aveirenses reduzem para 1-2 frente ao Olhanense, por Nildo.

72' GOLO DO PAÇOS DE FERREIRA! 1-1 na Madeira, frente ao Marítimo, com Vítor a fazer o empate.

78' GOLO DO GIL VICENTE! Zé Luís recoloca o Gil Vicente em vantagem e "atira" o Feirense para a Liga de Honra.

75' GOLO DO FC PORTO! KLÉBER! Tal como na pré época, o avançado brasileiro dos dragões "bisa" em Vila do Conde. Grande pontapé de Kléber, a passar o marcador para 2-4 frente ao Rio Ave. E que grande jogo em Vila do Conde!

75' O angolano Kadu, o mais jovem jogador a vestir a camisola do FC Porto, entra em campo para se sagrar campeão nacional. São 30 os campeões nacionais dos dragões.

70' Gritou-se golo do Feirense em Barcelos, mas o lance foi invalidado. É o tudo por tudo da equipa de Santa Maria da Feira, com um ouvido posto em Guimarães.

67' GOLO DO RIO AVE! Golo de Atsu! O jovem ganês emprestado ao FC Porto "sentou" Bracalli e reduziu a desvantagem para 2-3.

66' GOLO DO V. GUIMARÃES! Grande pontapé de Bruno Teles, a empatar a partida frente à Académica.

62' GOLO DO BENFICA! BRUNO CÉSAR! Assistência de Emerson para o brasileiro "bisar" na partida e dar a volta ao jogo no Bonfim.

66' GOLO DA U. LEIRIA! Djaniny reduz a desvantagem frente ao Nacional para 1-2.

54' GOLO DO MARÍTIMO! Rúben Ferreira coloca os insulares em vantagem na receção ao Paços de Ferreira.

58' Targino atira ao poste no Bonfim e por pouco não recoloca o Vitória de Setúbal em vantagem frente ao Benfica.

50' GOLO DO OLHANENSE! Dady faz o 0-2 para os algarvios em Aveiro, frente ao Beira-Mar.

50' GOLO DO FC PORTO! KLÉBER! O avançado brasileiro, com um bom trabalho individual, após passe de Varela, conseguiu pôr fim ao jejum de golos e põe o marcador em 1-3 em Vila do Conde. Custou - falhou duas ocasiões de golo iminente antes de acertar -, mas entrou.

- Vítor Pereira lançou Iturbe para a segunda parte, em Vila do Conde. Saiu James Rodríguez.

47' GOLO DO FEIRENSE! Diogo Rosado, numa jogada de insistência, conseguiu atirar para o empate, resultado insuficiente para garantir a permanência. 1-1 frente ao Gil Vicente.

45+2' GOLO DA ACADÉMICA! Os "estudantes" têm a permanência praticamente assegurada, após um golaço de Diogo Valente. 0-1 frente ao Vitória de Guimarães.

42' GOLO DO RIO AVE! De penálti, João Tomás reduz a desvantagem dos vilacondenenses, após uma alegada falta de Mangala. O ponta de lança estava em fora de jogo.

41' GOLO DO GIL VICENTE! Hugo Vieira, no jogo de despedida em Barcelos, adianta os gilistas no marcador e condena o Feirense à despromoção.

35' GOLO DO BENFICA! 1-1, por Bruno César. O médio brasileiro faz o nono golo da época e faz o empate no Bonfim, numa partida onde os encarnados já justificam outro resultado.

34' GOLO DO OLHANENSE! Jander coloca os algarvios a vencer em Aveiro, frente ao Beira-Mar.

33' Cardozo atira à barra! O paraguaio volta a ficar à beira de marcar no Bonfim, algo que, recorde-se, estará obrigado a fazer se quiser sagrar-se melhor marcador, pela força dos critérios de desempate.

30' GOLO DO NACIONAL! 0-2, por Claudemir, o jogador que tem mais golos de bola parada em todo o campeonato. Mais uma vez, marcou de penálti. A União de Leiria está em grandes dificuldades perante os insulares.

20' Óscar Cardozo já tentou o golo em três ocasiões, mas ainda não conseguiu acertar nas redes. Numa das ocasiões, Diego fez uma grande defesa e evitou o golo do empate.

17' GOLO DO FC PORTO! 0-2, por James Rodríguez. Assistência de Silvestre Varela para o coração da grande área, onde o craque colombiano apareceu para encostar para golo. Exibição "viva" dos dragões, perante um Rio Ave onde só Atsu parece querer mudar o rumo dos acontecimentos.

13' GOLO DO FC PORTO! Djalma dá vantagem aos dragões, depois de ter ficado isolado, na cara de Huanderson, após um enorme passe de James Rodríguez. Tudo fácil para o FC Porto em Vila do Conde.

11' GOLO DO V. SETÚBAL! O Benfica fica em desvantagem no Bonfim, depois de Rafael Lopes ter ficado isolado, assistido por Neca, e ter batido Eduardo com naturalidade.

9' GOLO DO NACIONAL! O angolano Mateus faz o 0-1 na Marinha Grande, numa partida que serve inteiramente para cumprir calendário. Os insulares ficam no sétimo lugar, a União de Leiria já é última.

7' O FC Porto domina em Vila do Conde, à procura do golo, e já teve uma boa ocasião para faturar. No Bonfim, Óscar Cardozo é o homem alvo do futebol do Benfica, mas o único remate que fez até ao momento bateu num defesa e saiu para canto.

- INÍCIO DAS PARTIDAS!

- Oportunidade para o jovem Luís Martins ganhar ritmo a pensar na próxima época, enquanto André Almeida deverá entrar na segunda parte. Witsel, para já, atua no lado direito da defesa do Benfica. Matic e Javi Garcia jogam juntos no meio campo, Rodrigo junta-se a Cardozo no ataque.

- Equipa do Benfica no Bonfim: Eduardo; Witsel, Luisão, Garay e Luís Martins; Bruno César, Javi Garcia, Matic e Nolito; Rodrigo e Cardozo.

- Revolução na equipa do FC Porto, onde Lucho, Maicon, Alex Sandro e Hulk ficam no banco de suplentes, depois de terem sido titulares em Alvalade. Kadu deverá entrar nos últimos minutos, enquanto Juan Iturbe também fica à espreeita de uma oportunidade. Os "dragõezinhos" Atsu e Kelvin vão defrontar o clube mãe.

- Equipa do FC Porto em Vila do Conde: Bracalli; Danilo, Rolando, Mangala, Álvaro Pereira; Defour, João Moutinho, James Rodríguez; Varela, Djalma e Kléber.

Ainda não acabou. Cumpre-se este sábado a 30.ª e última jornada da Liga que, como já se sabe, já consagrou o FC Porto como novo bicampeão nacional e já tem todas as vagas de acesso às competições europeias matematicamente preenchidas. Mas há mais do que calendário para cumprir.

Académica e Feirense ainda lutam pela permanência na primeira Liga, cenário que parece estar bem mais ao alcance dos "estudantes". À Briosa bastará um empate em Guimarães, frente ao Vitória, para escapar à despromoção; ou simplesmente esperar que o Feirense não ganhe em Barcelos, frente ao Gil Vicente. A equipa de Santa Maria da Feira, por sua vez, terá que bater os gilistas e esperar que a Académica perca com o Vitória de Guimarães.

O FC Porto vai a Vila do Conde defrontar o Rio Ave, equipa que permitiu que os dragões fizessem a festa antecipada do título, ao derrotar o Benfica na 28.ª jornada. Vítor Pereira vai aproveitar, com certeza, para juntar Bracalli e Kadú à lista de campeões nacionais (Emídio Rafael não será campeão, porque não foi sequer convocado). Oportunidade, ainda, para alguns jogadores menos utilizados somarem tempo de jogo, numa partida que será, para alguns, a última que fazem pelo FC Porto.

No Bonfim, o Benfica defrontará o Vitória de Setúbal com uma missão clara: ajudar Óscar Cardozo a sagrar-se, pela segunda vez, o melhor marcador da Liga. O paraguaio conta com 19 remates certeiros, tantos quanto Lima, que só entrará em campo, em Alvalade, a partir das 21.15. Os sadinos podem, no máximo, subir alguns lugares na tabela.

O Marítimo, fixado no 5.º lugar, recebe o Paços de Ferreira (10.º), enquanto o Beira-Mar tentará escalar algumas posições face ao Olhanense, com o 8.º posto garantido. A já despromovida União de Leiria defronta o Nacional da Madeira, que também já não sairá do sétimo lugar.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Margarida Balseiro Lopes

Falta (transparência) de financiamento na ciência

No início de 2018 foi apresentado em Portugal um relatório da OCDE sobre Ensino Superior e a Ciência. No diagnóstico feito à situação portuguesa conclui-se que é imperativa a necessidade de reformar e reorganizar a Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT), de aumentar a sua capacidade de gestão estratégica e de afastar o risco de captura de financiamento por áreas ou grupos. Quase um ano depois, relativamente a estas medidas que se impunham, o governo nada fez.

Premium

Opinião

Angola, o renascimento de uma nação

A guerra do Kosovo foi das raras seguras para os jornalistas. Os do poder, os kosovares sérvios, não queriam acirrar ainda mais a má vontade insana que a outra Europa e a América tinham contra eles, e os rebeldes, os kosovares muçulmanos, viam nas notícias internacionais o seu abono de família. Um dia, 1998, 1999, não sei ao certo, eu e o fotógrafo Luís Vasconcelos íamos de carro por um vale ladeado, à direita, por colinas - de Mitrovica para Pec, perto da fronteira com o Montenegro. E foi então que vi a esteira de sucessivos fumos, adiantados a nós, numa estrada paralela que parecia haver nas colinas.