Direção dá voto de confiança a Pedro Emanuel

Os dirigentes do Arouca deram esta segunda-feira um voto de confiança ao treinador e restante corpo técnico, considerando em comunicado que "são os homens certos" para guiar a equipa de futebol aos objectivos propostos.

Em comunicado divulgado esta segunda-feira, depois de o treino ter sido cancelado, os dirigentes arouquenses consideram que "o trajeto [do Arouca na I Liga] é difícil e repleto de adversidades", mas mostraram "convicção de que estes são os homens certos para atingir as metas traçadas".

O treino do Arouca previsto para hoje não se realizou, apesar de os jogadores e o treinador, Pedro Emanuel, terem estado nas instalações do clube, penúltimo classificado da I liga portuguesa de futebol.

A direção do clube esclareceu "que o treino na equipa agendado para esta manhã foi cancelado, sendo substituído por uma reunião de avaliação global do momento atual da equipa".

Do encontro de trabalho entre a direção e a equipa técnica, adiantou ainda a cúpula diretiva do Arouca, "resultou um forte espírito de união e força, demonstrado também pelos jogadores".

O treino estava marcado para as 11:00, mas o plantel não subiu ao relvado do Estádio Municipal de Arouca e os jogadores começaram a deixar o recinto perto das 13:00, enquanto o treinador ainda permanecia no local.

A equipa arouquense, que está a cumprir a sua primeira época de sempre no escalão principal do futebol português, ocupa o 15.º lugar, com oito pontos, tantos quanto Paços de Ferreira, último classificado.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG