Clubes e Liga ameaçam parar futebol profissional

O futebol português arrisca uma paragem inédita nos principais campeonatos. Em causa a perda de perto de 22 milhões de euros por época de patrocínios provenientes de empresas de apostas, que correm o risco de ver a sua actividade proibida em Portugal. Tudo está dependente de uma única decisão judicial que está quase a ser conhecida.

Segundo apurou o DN, até ao início da próxima semana uma juíza das varas cíveis do Tribunal do Porto deverá decidir um requerimento da Santa Casa de Misericórdia de Lisboa e da Associação Portuguesa de Casinos. Estas entidades requereram a entrada em vigor, imediata, da sentença de 28 de Setembro, a qual condenou a Bwin, a principal patrocinadora da Liga, a retirar toda a actividade publicitária em Portugal, considerando ilegal a sua actividade.

Leia mais no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG