Clemente dá vitória ao Farense sobre o FC Porto B

Um golo de Clemente, na segunda parte, deu este domingo o triunfo ao Farense sobre o FC Porto B, por 1-0, em jogo da 37.ª jornada da II Liga portuguesa.

O reforço de inverno, vindo do Desportivo de Chaves, estreou-se a marcar ao 13.º jogo pelos algarvios, decidindo uma partida fraca, que teve poucos momentos de interesse e cujo resultado coloca a liderança dos portistas em perigo.

A primeira parte da partida deixou poucas saudades aos espetadores presentes, com duas equipas pouco imaginativas e que estiveram praticamente 45 minutos sem criar perigo, limitando-se a tentativas de fora da área.

O FC Porto B visitou o Algarve com o estatuto de líder, mas, na fase inicial, esteve muito "apagado" e aquém da imagem demonstrada ao longo da época, perante um Farense um pouco mais mexido, mas sem acutilância ofensiva.

Tozé, com um remate fácil à figura de Ivo (32'), e Fábio Felício, com um tiro ao lado (34'), tinham criado os principais lances de relativo perigo, até que, nos descontos da primeira parte, Clemente, entrado para o lugar do lesionado Diogo Alves, surgiu isolado e falhou "na cara" de Stefanovic.

A dinâmica das duas equipas mudou ligeiramente para melhor depois do intervalo, mas Clemente repetiu o que tinha feito minutos antes, desperdiçando o golo mais uma vez isolado perante o guardião portista, aos 50 minutos.

Quiñones respondeu com um "raide" pelo flanco esquerdo que concluiu com um remate ao lado, aos 56 minutos, antes de o Farense abrir o ativo: à terceira foi de vez para Clemente, respondendo de cabeça na área a um centro de Matias (64').

Um remate de fora da área de Leandro, com uma defesa complicada de Ivo para canto (75'), deu o mote para a reação do FC Porto até final, com o técnico José Guilherme a alargar a frente de ataque, obrigando o Farense a recuar para defender o resultado.

Só aos 89 minutos é que os "dragões" assustaram, num livre de Tozé: o médio cruzou, a bola ressaltou no relvado e ninguém tocou, acabando por enganar Ivo e embater no poste, com João Reis a afastar depois o perigo.

O resultado manteve-se e o Farense voltou às vitórias depois de três derrotas consecutivas, somando agora 49 pontos, enquanto o FC Porto tem 67 e pode ser ultrapassado pelo Moreirense no topo da tabela.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG