Carlos Barbosa mantém decisão de sair

A Assembleia Geral do Paços recusou a demissão do presidente dos castores, mas Carlos Barbosa mantém a decisão de sair e usou até uma palavra menos 'nobre' para garantir que nada o fará voltar atrás na decisão.

O ainda presidente do Paços de Ferreira não quer mais continuar à frente do clube e, independentemente da decisão da Assembleia Geral, terão de ser marcadas novas eleições. A sua decisão é irrevogável.

"Estou disposto a ajudar o Paços, não quero deixar cair isto no vazio, mas teremos de marcar eleições. E quando isso suceder não serei mais presidente do Paços Ferreira", garantiu o ainda presidente.

Mesmo depois dos apelos do presidente da mesa da Assembleia Geral e de Henrique Calisto, que estava a ser apresentado como novo técnico da equipa, Carlos Barbosa, ainda desiludido com os adeptos depois do jogo com o Vitória de Guimarães quando estes o insultaram à saída, deixou escapar um palavrão para reforçar a sua decisão.

"Não adianta ninguém me f... a cabeça. A decisão está tomada. Só quero desejar toda a sorte do mundo ao professor Henrique Calisto", terminou.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG