Benfica de Castelo Branco é primeiro "tomba-gigantes"

O Benfica de Castelo Branco protagonizou a primeira grande surpresa da Taça de Portugal, ao eliminar o União da Madeira, numa eliminatória em que se registaram goleadas de 8-0 e 9-0.

O Benfica de Castelo Branco, do Campeonato Nacional de Seniores (CNS), ganhou estatuto de "tomba-gigantes" da segunda eliminatória da Taça de Portugal em futebol, ao eliminar (2-1) o União da Madeira, da II Liga (II L).

Na única partida que terminou com o afastamento de uma das 17 equipas profissionais, ficam para a história os golos dos albicastrenses Marocas (15 minutos) e Alvarinho (55), numa partida que chegou a estar empatada, graças ao tento de Silva (20).

A maior goleada de hoje foi aplicada pelo Desportivo de Chaves sobre o Avanca, por 8-0, enquanto um dos maiores "sustos" aconteceu no terreno do Atlético (II L), onde o Mirandela (CNS) obrigou a um prolongamento, após o "nulo" aos 90 minutos, mas Eridson (113) acabou por resolver a favor da equipa da casa.

Também o Farense (II L) sofreu para eliminar o Lusitânia de Lourosa (CNS), precisando de recorrer ao desempate por grandes penalidades (7-6) para bater o adversário de uma divisão inferior.

A maior goleada da segunda ronda pertenceu ao "secundário" Moreirense, que sábado bateu o Merelinense, dos distritais, por 9-0.

Para a terceira eliminatória da Taça de Portugal, marcada para 20 de outubro, e já com as 16 equipas da I Liga, seguem 16 emblemas da II Liga, 26 do Campeonato Nacional de Seniores e seis dos Distritais.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG