Árbitro Vasco Santos foi ameaçado de morte

José Gomes, presidente da Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) confirmou, em declarações à Rádio Renascença, que o árbitro Vasco Santos foi alvo de ameaças de morte.

Vasco Santos teve uma atuação polémica no jogo da 22ª jornada entre Vitória de Setúbal e Sporting (2-2). O juiz da Associação de Futebol do Porto errou em lances capitais do jogo e viu a sua arbitragem muito contestada pelos dirigentes do Sporting.

José Gomes, presidente da APAF confirmou aos microfones da Rádio Renascença que o árbitro de 37 anos e sua família têm sido alvo de "chamadas durante a noite com ameaças de morte".

Esta é uma situação que está "a criar problemas pessoais e familiares" a Vasco Santos, que se sente "incomodado" mas José Gomes relembras que os juízes "devem de estar preparados para este tipo de acontecimentos".

O presidente da APAF abordou também a conferência de Bruno Carvalho, que falou dos erros de arbitragem que têm afectado o Sporting. José Gomes aceita as críticas mas considera que são parte de "uma estratégia do Sporting".

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG