APAF pede "castigo exemplar" para António Salvador

A Associação Portuguesa de Árbitros de Futebol (APAF) lançou quinta-feira duras críticas ao presidente do Sporting de Braga, pedindo uma decisão disciplinar "célere" e um "castigo exemplar" ao presidente do Sporting de Braga.

Em comunicado, a APAF repudiou as declarações de António Salvador no final do Rio Ave-Sporting de Braga, jogo das meias-finais da Taça da Liga que os vila-condenses venceram por 2-1, motivando muitas críticas dos bracarenses ao trabalho do árbitro de Leiria Olegário Benquerença.

Para a associação de árbitros, as declarações após o jogo "ultrapassam por larga margem o razoável" e contribuem "para um clima de suspeição e de violência dentro e fora de campo".

"Torna-se premente a atuação das instâncias disciplinares competentes para a análise e julgamento deste tipo de situações, para que sejam punidas, já vai sendo hora destas instâncias, protegerem verdadeiramente o futebol português, sob pena de se tornarem coniventes com o estado atual", refere a APAF no mesmo comunicado.

Segundo a associação representante dos árbitros "as sanções aplicadas não têm sido suficientemente dissuasoras, deste género de declarações difamatórias, dado que, têm aumentado, tanto no número de ocorrências, como na gravidade das mesmas"

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG