António Salvador quer Sp. Braga a lutar por títulos

Presidente do Sp. Braga nega estar a "vender ilusões" e lembra que a massa associativa do clube é das mais jovens da I Liga: 53% dos sócios têm menos de 23 anos.

O presidente do Sporting de Braga e candidato da lista A às eleições do clube, António Salvador, recusou na sexta-feira ser um "vendedor de ilusões", como o acusou o candidato da lista B, Nuno Carvalho.

Salvador lembrou o "crescimento sustentado" do clube nos últimos 10 anos e frisou que o Sporting de Braga é hoje um "clube apetecível".

"Não vendemos ilusões, queremos um Braga com rigor, disciplina e cumpridor das suas obrigações. Hoje, o clube não tem dívida à banca e vai continuar a lutar por títulos. Queremos mais sócios, sendo de destacar que 53 por cento deles têm menos de 23 anos", afirmou durante uma ação de campanha que teve lugar nas instalações do Arsenal Clube da Devesa, popular clube da cidade.

António Salvador aproveitou para lembrar que Nuno Carvalho o elogiou quando, num comunicado a 25 de outubro, afirmava desistir em favor do atual presidente.

O candidato apelou ao voto - "não pensem que isto está ganho" - e ao apoio dos adeptos no jogo com o FC Porto, no sábado, da 12ª jornada da I Liga de futebol: "Queremos fazer um grande resultado e ganhar", disse.

Do seu programa eleitoral destacou a intenção de criar uma televisão do clube já no início de 2014 e a cidade desportiva, infraestrutura que visa albergar o futebol e as modalidades do clube.

"Está na hora de criar riqueza, património. Esta obra não é megalomania, é autossustentável", disse.

As eleições no Sporting de Braga são no dia 13 de dezembro.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG