António Salvador 'pede' fim de carreira de Olegário

Presidente do Sporting de Braga arrasa arbitragem na meia-final da Taça da Liga e 'exige' que Olegário Benquerença não volte a arbitrar em Portugal.

A derrota do Sp. Braga frente ao Rio Ave, por 2-1, nas meias-finais da Taça da Liga, "manchada" por erros da equipa de arbitragem composta por Olegário Benquerença, Pedro Neves e Ricardo Santos, mereceu duras críticas por parte de António Salvador, presidente do Sp. Braga.

"Vim aqui hoje dizer que estou orgulhoso dos profissionais do Braga, pois foram dignos e sérios dentro campo, assim como dar uma palavra aos nossos adeptos que sempre nos apoiaram. Hoje, os profissionais do Braga foram sérios e lutaram por uma vitória, mas houve alguém que não os deixou conseguir", começou por dizer.

"Quando se fala em tanto profissionalismo dentro da arbitragem, houve uns senhores de amarelo, com apito na boca e pau na mão que não foram profissionais, ao contrário da nossa equipa. É de lamentar tantos erros", criticou.

Salvador foi mais longe e pediu mesmo que Olegário Benquerença, que aos 44 anos está em final de carreira, deixe já de apitar. "Hoje roubaram-nos uma final. Este árbitro está em final de carreira e quero pedir ao Conselho de Arbitragem para que se não antecipar a saída dele, que não nos volte a apitar até ao final da sua carreira", atirou.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG