Van Gaal prevê meia-final contra a Argentina "equilibrada"

O selecionador de futebol da Holanda, Louis van Gaal, disse hoje que a final de quarta-feira contra a Argentina vai ser "equilibrada" e apresentou como prognóstico "50 por cento para cada equipa".

"Não há um favorito", garantiu hoje em São Paulo Van Gaal, considerando que as duas seleções são de valor equivalente, apesar da presença de Lionel Messi, que "tem dificuldades" em demonstrar ao serviço da seleção que é "o melhor do mundo".

De qualquer forma, Van Gaal espera que Messi não mostre o seu talento na quarta-feira. "Creio que se Messi já foi eleito o melhor do mundo não foi sem razão. Marcou muitos golos, só que tem dificuldade em o demonstrar na seleção", disse.

Van Gaal acrescentou que a estratégia a apresentar depende da linha que Alejandro Sabella avançar.

"Não estou habituado ao onze titular da Argentina, temos de esperar e ver quem jogar para depois decidir quem fazemos alinhar", disse.

De qualquer forma, adiantou que o guarda-redes será Jasper Cillessen e não Tim Krul, o "herói" das grandes penalidades contra a Costa Rica.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG