UEFA aceita 19 candidaturas ao Euro 2020

A UEFA confirmou hoje que 19 federações filiadas continuam na corrida à organização do Campeonato da Europa de futebol de 2020, que vai ser disputado em 13 países.

Segundo um relatório publicado pela UEFA no seu sítio oficial na Internet, foram aceites as candidaturas de 19 cidades.

Desta forma, Azerbaijão, Bielorrússia, Bélgica, Bulgária, Dinamarca, Escócia, Espanha, Inglaterra, Macedónia, Alemanha, Holanda, Hungria, Israel, Itália, País de Gales, República da Irlanda, Roménia, Rússia e Suécia são oficialmente candidatos a acolher jogos do Euro2020.

Bacu, Minsk, Bruxelas, Sófia, Copenhaga, Londres, Skopje, Munique, Budapeste, Jerusalém, Roma, Amesterdão, Dublin, Bucareste, São Petersburgo, Glasgow, Bilbau, Estocolmo e Cardiff são as cidades concorrentes, sendo que Londres e Munique são as únicas candidatas a acolher as meias-finais e a final da competição.

"Este relatório de avaliação é o resultado de um processo de avaliação minucioso, realizado ao longo de três meses pela UEFA e que foi fornecido aos membros do Comité Executivo", escreveu a UEFA na mesma nota.

Em 2020, assinala-se o 60.º aniversário da UEFA, efeméride que o organismo quis assinalar com um Europeu inédito, distribuído por vários países.

A Federação Portuguesa de Futebol chegou a ponderar avançar com uma candidatura, mas as câmaras do Porto e Lisboa, as duas únicas cidades com estádios com capacidade para integrar esta candidatura (Luz, Alvalade e Dragão), abdicaram de entrar na corrida.

Exclusivos