Trapattoni considera deixar a seleção depois do Mundial

Giovanni Trapattoni, técnico da seleção da República da Irlanda, acredita que a equipa que treina pode marcar presença no Mundial de 2014, e o mais provável é deixar o comando técnico da equipa depois de terminar a prova.

O ex-treinador do Benfica, Giovanni Trapattoni, afirmou que na sua opinião a República da Irlanda, seleção da qual é trainador, pode-se qualificar para a fase final do Campeonato do Mundo de 2014, mas que depois do término desta prova o mais provável é retirar-se do comando técnico da equipa.

"Penso que nos podemos qualificar para o Mundial e se o conseguirmos depois do Brasil não penso em continuar", afirmou o ex-treinador dos encarnados, atualmente selecionador nacional da República da Irlanda, em declarações citadas pela Sky Sports.

"Durante cinco anos conseguimos bons resultados, mudámos a seleção, melhorámos o ranking e penso que descobrimos muitos jogadores para o futuro", continuou o treinador italiano.

A República da Irlanda ocupa o quarto lugar no Grupo C com 11 pontos, tendo possibilidade de aspirar à segunda posição e a um lugar no play-off. A Alemanha é quem tem praticamente garantido o primeiro posto.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG