Pepsi apaga imagens e pede desculpa a Ronaldo

A Pepsi admitiu, através de uma mensagem publicada no Facebook, que se excedeu nas imagens dedicadas aos consumidores suecos e apresentou as desculpas à seleção nacional.

Depois de ter publicado três polémicas imagens contra Cristiano Ronaldo - uma com CR7 a ser alvo de vodu, outra com a cabeça esmagada por uma lata e a última amarrado numa linha de comboio -, a Pepsi emitiu um pedido de desculpas ao jogador português e à seleção nacional, via Facebook.

As três imagens, partilhadas numa secção dirigida a consumidores suecos, motivaram uma acesa onda de críticas de centenas de portugueses, que ameaçaram nunca mais consumir bebidas da Pepsi e até mudar para a "concorrência".

"O futebol é conhecido pela paixão que inspira, e a competição está a ficar mais intensa. A equipa sueca infelizmente foi mais longe do que devia. Nunca quisemos dar ao desporto ou ao espírito de competição uma conotação negativa. Pedimos desculpa a todos aqueles que se sentiram ofendidos pelos posts - estes foram imediatamente retirados. Queremos igualmente dirigir as nossas mais sinceras e profundas desculpas ao Cristiano Ronaldo e à Seleção Portuguesa de Futebol", pode ler-se na página oficial da empresa norte-americana.

O pedido de desculpas, importa referir, só está visível na página dedicada aos consumidores portugueses. Na sueca, para já, não há qualquer menção ao sucedido, sendo que as fotos foram, simplesmente, apagadas.

Exclusivos