Mourinho admite culpa por dedo no olho de Vilanova

O treinador português assume o erro mas diz que houve um motivo para que perdesse o controlo. E garante que não é "idiota" por ter feito o que fez ao atual técnico do Barcelona

José Mourinho admitiu que perdeu o controle no incidente do dedo no olho de Tito Vilanova no jogo da Supertaça espanhola em 2011. Numa entrevista à Fox Sports norte-americana, o treinador do Real Madrid confessou que não se conseguiu controlar e acabou por agredir o então adjunto do Barcelona, que agora é o técnico principal.

"Não deveria ter feito o que fiz. É óbvio que não. Mas não sou um idiota que faz as coisas sem haver uma história por trás que me tenha feito perder o controle. Trabalho muito isso com meus jogadores, controlar emoções, pensar só em jogar e trabalhar bem", disse o português.

O técnico dos merengues partilha a opinião de Vilanova de que a imagem negativa que o incidente fez passar é o pior castigo para ambos. "Quem falhou fui eu. Como Tito disse há umas semanas, a imagem negativa fica para sempre. Entre nós, não há problemas. Em jogos depois desse, encontramos-nos e cumprimentamos-nos. O assunto passou e agora vamos tentar não fazer nada parecido", assumiu José Mourinho.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG