Marrocos quer adiar a CAN por causa do ébola

País anfitrião vai pedir à Confederação africana de futebol o adiamento da prova, que está agendada para decorrer entre 17 de janeiro e 8 de fevereiro de 2015

O Governo marroquino decidiu pedir o adiamento da Taça das Nações Africanas (CAN), marcada para Marrocos, devido à epidemia de ébola que assola a África Ocidental, anunciou esta sexta-feira o Ministro da Juventude e dos Desportos do país.

Uma delegação oficial marroquina vai reunir-se na próxima semana com o presidente da Confederação africana de futebol (CAF), Issa Hayatou, para discutir o assunto, avançou a agência de notícias marroquina MAP, citando fontes governamentais.

Este pedido vem na sequência da decisão de Marrocos em evitar competições em que participem países afetados pela epidemia do ébola em África e que são especialmente três: Libéria, Serra Leoa e Guiné-Conacri. O ébola já fez mais de 4000 vítimas mortais, segundo os mais recentes dados da Organização Mundial de Saúde.

Curiosamente, Marrocos vai ser palco este sábado de um dos jogos de qualificação para a CAN 2015, entre a Guiné-Conacri e o Gana, "desviado" para Casablanca devido ao foco de ébola na Guiné-Conacri.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG