Lágrimas de Cristiano Ronaldo na Imprensa mundial

Internacional português domina as primeiras páginas dos jornais depois de conquistar o troféu.

As lágrimas de Cristiano Ronaldo depois de receber a Bola de Ouro de 2013 "espalham-se" pelas capas de hoje de vários jornais mundiais, entre desportivos e generalistas.

Em Espanha, os quatro principais diários desportivos dedicam a manchete ao prémio entregue segunda-feira na Gala da FIFA, mas só as duas publicações de Madrid, Marca e AS, reservam praticamente toda a primeira página a Cristiano Ronaldo.

Com uma foto do avançado do Real Madrid a "fazer" a totalidade da manchete, a Marca escreve que o internacional português "comoveu o futebol com a sua reação emocionada", enquanto o AS aposta numa imagem ao baixo do avançado do Real Madrid em toda a largura da capa.

Dois dos desportivos da Catalunha preferem repartir o destaque entre Ronaldo e Messi, o internacional argentino do FC Barcelona que ficou em segundo lugar nesta votação.

No Mundo Deportivo, as duas estrelas mundiais repartem a capa, onde Ronaldo chora e Messi deixa o aviso: "não penso no que fiz, penso no que virá".

Já o Sport ilustra a manchete com uma foto de Ronaldo a cumprimentar o rival Messi e o título "Desta vez não ganhou o melhor".

"Cristiano ganhou a bola de ouro, mas a hegemonia continua a ser de Messi, com quatro. Desde 2000 [com Luís Figo] o prémio não era para um jogador que não tinha ganho nada", escreve ainda o Sport na sua primeira página.

O generalista El Pais faz também uma chamada no topo da primeira página, ilustrando uma foto de Ronaldo com Pelé e Joseph Blatter, presidente da FIFA, com a frase "Cristiano ganha entre lágrimas a segunda Bola de Ouro".

ABC e El Mundo também dão destaque ao avançado português, fazendo também referência à comoção de Ronaldo depois de Pelé ter anunciado o nome do vencedor.

Em França, o choro de Ronaldo, com o olhar atento de Pelé, faz praticamente toda a primeira página do L'Equipe, que também dedica uma pequena coluna ao internacional gaulês Franck Riberry, terceiro nesta eleição, com o título "Crueldade".

Os generalistas Le Monde, Le Figaro ou Liberation reservam um pequeno espaço na primeira página ao Bola de Ouro.

Para o Le Monde, foi um "troféu disputado e discutido", enquanto o Le Figaro destaca a "deceção de Franck Ribéry". O Liberation escreve que "Ronaldo ganhou a Ribéry a Bola de Ouro".

Em Itália, só os três diários desportivos chamam para a primeira página o prémio entregue a Ronaldo. A Gazzetta dello Sport coloca no cimo da página a imagem do português, emocionado, a segurar o troféu.

O Corriere dello Sport publica uma foto do português, com o título "Ronaldo triunfa e desfaz-se em lágrimas".

O Tuttosport também escolheu uma imagem de Ronaldo emocionado, com o filho e Pelé por perto, acrescentando a legenda "o fenómeno em lágrimas".

Em Inglaterra, o The Guardian publica no cimo da capa uma referência ao prémio ganho por Ronaldo, enquanto o The Daily Telegraph coloca "Ronaldo do topo do mundo".

Na Argentina, o Clarin refere que "Ronaldo levou a Bola de Ouro, enquanto o La Naciona oferece quase metade da primeira página ao goleador português, que "ganhou a Messi e chorou".

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG