Júlio César foi herói no apuramento do Brasil

Foi sofrido, mas a 'canarinha' segue em frente no Mundial, depois de vencer o Chile, azarado, nas grandes penalidades (3-2). Equipa de Scolari sobreviveu a uma bola na barra ao minuto 119'. Na marca dos 11 metros Júlio César defendeu dois e o poste um...

Acabou com uma nação a rezar a S. Júlio César. O guarda-redes defendeu dois penálties e foi o herói do jogo. Acabou aclamado pelos adeptos no Mineirão.

O Brasil segue para os quartos de final do Mundial 2014 e o Chile vai para casa de cabeça erguida, pelo futebol mostrado na prova.

A equipa de Scolari até inaugurou cedo o marcador, quando o mesmo Gonzalo Jara, apertado por David Luiz, desviou para a própria baliza ao minuto 18. Depois aos 32 minutos Alexis Sanchez empatou.

Hulk (fez um grande jogo) ainda viu o árbitro anular-lhe um golo e o jogo foi para prolongamento. Ao minuto 119' Pinilla (ex-Sporting) atirou à barra com estrondo e a partida foi para as grandes penalidades. O Brasil sobreviveu: acertou três e o Chile falhou três...

Filme do jogo:

- Jara acerta no poste e Brasil apura-se (3-2)

- Neymar marca e põe pressão no Chile

- Díaz empata...

- Bravo defende penálti de Hulk

- Aránguiz marca para o Chile

- Marcelo marca

- Júlio César defende remate de Alexis Sanchez

- Willian atira ao lado!

- Pinilla permite defesa de Júlio César.

-Golo do Brasil. David Luiz marca 1.º penálti.

Vai começar o Brasil. David Luiz...

Acabou. Passagem aos quartos de final vai ser decidida nas grandes penalidades.

120'-Ramires faz o último remate do jogo. Vamos ter grandes penalidades.

119'- Pinilla. Que remate. Bola bateu com estrondo na barra da baliza de Júlio César a um minuto do fim do prolongamento.

118'- Brasil com iniciativa nos últimos instantes, Chile controla operações de longe.

117'- Livre para Brasil...defesa do Chile afasta a bola da área.

111'- Jogo entrou numa fase calculista. Equipas, esgotadas fisicamente, já pensam nos penálties.

110'- Remate disparatado de Pinilla.

107'- Medel, o melhor do Chile em campo, vai dar lugar a Rojas. Central estava em esforço.

106'- Canto de Neymar e Jô a atirar por cima.

106'- Brasil sai a jogar no 2.º tempo do prolongamento.

- Scolari fala com Willian. Deve entrar no 2.º tempo. Sai Óscar.

105'- Livre para Alexis sai ao lado. Acaba o 1.º tempo do prolongamento.

103'- Outra vez Bravo a impor-se a remate de Hulk. Ex-jogador do FC Porto parece com vontade de decidir o jogo.

102'- Amarelo para Pinilla por falta sobre David Luiz.

101- Grande cruzamento de Hulk para a cabeça de Óscar, mas a bola saiu fraca e para as mãos de Bravo.

97'- Treinadores ainda têm uma substituição cada um para fazer.

92'- Jô faz falta sobre Bravo e vê amarelo.

92'- Livre de Neymar desviado para canto. Não dá em nada...

91'- Já se joga o prolongamento.

-Intervalo de cinco minutos para repor energias. Thiago Silva aproveita para comer um pedaço de banana e Luiz Gustavo um pouco de açucar... Chilenos descansam e bebem água.

-Fim do jogo. Oitavos de final vão para prolongamento, após empate no tempo regulamentar (1-1). O Brasil teve menos posse de bola (45% a 55%), mas finalizou mais (15 remates contra 6).

90'- Árbitro manda jogar mais três minutos.

86'- Chile vai apostar tudo em Pinilla. Sai Vidal, esgotado!

85'- Brasil e Chile têm cinco minutos para evitar prolongamento.

83'- Bravo impede golo de Hulk. Que perigo.

81'- Brasil continua a aparecer com perigo na área....

80'- Neymar apareceu na área lançado por Daniel Alves, mas não teve cabeça para finalizar bem...

78'- Neymar desapareceu do jogo... Brasil precisa dele para mexer no marcador.

- Brasil perde na posse de bola: 45% para 55% do Chile.

73'- Jô falha golo. Era só encostar o cruzamento de Hulk...

71'- Fernandinho sai e dá lugar a Ramires.

- Ramires já ouve indicações de Scolari. Vai entrar daqui a pouco.

66'- Hulk cai na área, pede (outra vez ) penálti de Aránguiz. Choque normal que Webb manda seguir.

- Adeptos agradecem e gritam nome de Júlio César.

63'- Júlio César impede golo do Chile. Grande defesa do guarda-redes do Brasil após jogada combinada do Chile em plena área brasileira com Aránguiz a rematar forte.

- Brasil tira Fred e faz entrar Jô.

- Chile já mexeu. Saiu Vargas e entrou Felipe Gutiérrez.

60'- Brasil continua muito faltoso. Forma inteligente de cortar o jogo ofensivo do Chile, mas pode ser perigoso, já que o Chile é forte nas bolas paradas.

59'- Amarelo para Luiz Gustavo. Falha o próximo jogo se o Brasil passar.

55'- Amarelo para Hulk por protestos.

54'- Hulk marca. Webb anula! Por fora de jogo ao ex-jogador do FC Porto. Árbitro considera que jogador usou o braço para controlar a bola.

50'- Scolari manda Willian, Dante e Bernard aquecer.

49'- Fernandinho remata de fora da área e a bola sai ao lado da baliza.

47'- Contra-ataque do Chile, David Luiz faz falta sobre Vidal. Livre perigoso, com Júlio Cesar a 'socar'.

46'- Equipas sem alterações para o segundo tempo.

Intervalo. Empate no 'mata-mata' dos oitavos de final. Brasil melhor no jogo, com mais oportunidade de golo (por Neymar, Fred e Daniel Alves), mas penalizado por um erro defensivo primário que deu o empate ao Chile por Alexis Sanchez. Mas também é verdade que o golo canarinho foi marcado pelo chileno Jara na própria baliza. 1-1 no marcador...

- Webb manda jogar mais dois minutos.

45'- Susto para o Brasil. Mais um erro defensivo de Luiz Gustavo a levar a bola perto da baliza. David Luiz dá canto.

42'- Grande defesa de Bravo a remate espetacular de Daniel Alves. Brasil com sinal mais.

41'- Vidal recebe cruzamento na área, mas Julio César defende fácil.

38'- Mais uma vez Neymar na área a tentar 'rodriguinhos' em vez de ser o matador que se pede à frente do guarda-redes. Na sobra Fred desperdiça quase com a baliza aberta. Bola sai por cima da barra.

35'- Neymar tenta de cabeça, a bola desvia em Silva e raspa a trave.

32'- Alexis Sanchez marca. Vidal aproveita erro do Brasil (Marcelo e Hulk trocam bola em zona perigosa e perdem) e dá para o jogador do Barcelona bater Júlio César. 1-1

28'- Falta feia de Vidal faz voar Neymar. Scolari reclama e Howard Webb manda jogar

22'- Chileno pede cotovelada de Neymar. Segundo lance feio do camisola 10 do Brasil no Mundial.

18'- Golo do Brasil. David Luiz em lance dividido com um defesa chileno a marcar o primeiro dos oitavos de final. Autogolo de Jara. Mérito do central ex-Benfica a atrapalhar o chileno e obrigá-lo a errar. FIFA dá golo ao brasileiro.

17'. Livre de Hulk na direita, com Bravo a atirar para canto.

16'- Mena vê o cartão amarelo. Se o Chile passar aos 'quartos', fica de fora.

15'- Camisola 10 do Brasil recebe a bola na área, mas perde o controlo no drible.

14'- Livre de Neymar... Bravo (que será colega dele no Barcelona em 2014/15) sube mais alto e apanha.

12'- Hulk cai na grande área e Brasil pede penálti... Webb manda jogar.

10'- Alexis Sanchez remata cruzado para defesa segura de Júlio César. Vargas cai na área pedindo penálti. Webb manda seguir.

7'- Neymar reentra em jogo, recuperado.

6'- Neymar assistido devido a problema na perna direita.

5'- Primeiro remate do jogo é do Brasil. Na marcação de um canto a bola sobra para Marcelo, que ainda longe da área tira um adversário do caminho e remata do meio da rua. Lance bonito, mas a bola sai ao lado.

4'- Brasil entra faltoso no jogo. Quatro faltas nos primeiros quatro minutos de jogo.

2'- Fernandinho faz falta dura sobre Aránguiz. Howard Webb só repreende e não mostra o cartão.

- Adeptos brasileiros assobiam o hino do Chile e cria tensão nas bancadas. Rivalidade ao rubro.

1'- Já se jogam os oitavos do Mundial. Sai o Chile a jogar.

Brasil e Chile enfrentam-se este sábado no Mineirão. Uma reedição dos oitavos de final do Mundial 2010, que terminou com uma vitória brasileira por 3- 0 (Juan, Luis Fabiano e Robinho). O jogo aconteceu exatamente no dia 28 de junho, tal como o duelo entre Neymar e Vidal na 'Copa' 2014.

O 'mata-mata', expressão famosa de Scolari quando era selecionador de Portugal, para se referir ao jogo do tudo ou nada, terá David Luiz em campo. O central ex-Benfica esteve em dúvida devido a um probema físico, mas já foi confirmado no onze inicial. Tal como Fernandinho, a surpresa do Brasil para o meio campo, do qual sai Paulinho.

O histórico de jogos entre as duas seleções é claramente favorável ao Brasil (48 vitórias e apenas 7 derrotas em 68 jogos), mas Scolari disse logo após o sorteio da fase de grupos que não queria encontrar o Chile nos oitavos-de-final. Porque será?

Onzes Oficiais:

BRASIL: Júlio Cesar; Dani Alves, Thiago Silva, David Luiz e Marcelo; Fernandinho e Luiz Gustavo; Hulk, Óscar e Neymar; Fred.

CHILE: Claudio Bravo; Francisco Silva, Gary Medel e Jara; Isla, Aranguiz, Díaz e Mena; Vidal; Alexis Sanchez e Vargas

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG