José Mourinho compara-se aos descobridores

Técnico português aproveitou o Dia de Portugal para fazer comparações com o passado.

José Mourinho comparou-se esta segunda-feira aos descobridores portugueses para justificar a forma como geriu a carreira, que o levou a comandar quatro clubes de futebol nos últimos dez anos.

Na conferência de imprensa de apresentação como treinador do Chelsea, em Londres, o técnico português respondia a uma questão sobre a retirada de Alex Ferguson, que se manteve 27 anos à frente da equipa de futebol do Manchester United.

"Sempre gostei de aventura, sempre fui um pouco navegador", justificou, invocando o facto de ser português e de esta segunda-feira se celebrar o Dia de Portugal.

José Mourinho salientou a "estabilidade" dada pela família, que o acompanhou nas passagens por Londres, Milão e Madrid, e também o desejo de vencer os campeonatos dos respetivos países.

Rejeitou também que a anterior passagem pelo Chelsea tenha terminado devido às más relações com o proprietário do clube, Roman Abramovich, ou que tenha sido demitido.

"Muitos não acreditaram na altura, mas foi por acordo mútuo", garantiu.

Após um interregno de seis anos, durante os quais passou por Inter de Milão e Real Madrid, José Mourinho regressa ao Chelsea com um contrato por quatro épocas, até 2016-2017.

A primeira passagem do treinador português pelos blues durou pouco mais de duas temporadas, entre 2004-2005 e os primeiros meses da época 2007-2008.

Naquele período venceu seis troféus, incluindo dois títulos de campeão inglês (2004-2005 e 2005-2006), uma Taça de Inglaterra (2006-2007), duas taças da Liga inglesa (2004-2005 e 2006-2007) e uma Supertaça inglesa (2005-2006).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG