José Mourinho assobiado no Santiago Barnabéu

"Não pedi para treinar o Real Madrid, foi-me pedido para o fazer", disse o técnico português.

O treinador de futebol português do Real Madrid, José Mourinho, foi hoje assobiado durante a goleada caseira (4-1) imposta ao Athletic Bilbau, na Liga espanhola, mas desvalorizou o sucedido, atirando que "há uma primeira vez para tudo".

"Zidane foi assobiado aqui. Se o outro Ronaldo e Cristiano Ronaldo também porque é que eu não? Zidane respondeu com o seu futebol, Ronaldo também. Cristiano continua, eu trablho e pode ser que um dia consiga responder. Não é nada. Há uma primeira vez para tudo. Nunca me tinha acontecido na vida", afirmou.

Na reta final da partida, quando o grupo organizado de adeptos Fondo Sur (Curva Sul) começou a cantar o nome de "El Especial", ouviram-se assobios de vários setores do Estádio Santiago Bernabéu, ao invés de acompanharem como de costume.

"Duro para mim? Perdi um jogo quarta-feira e quinta-feira estava a trabalhar outra vez para esta partida. Ganhámos. Não leio a Marca, menos ainda em dia de jogo e em estágio", continuou Mourinho, referindo-se à derrota na receção ao FC Barcelona, na Taça do Rei, e às notícias na imprensa especializada sobre alegados problemas no balneário "merengue".

Mourinho adiantou que a relação com o presidente do clube madrileno e restantes dirigentes é "fantástica" e que os responsáveis "merengues" sabem que "não vão ter qualquer tipo de problemas".

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG