UEFA aguarda por autárquicas para validar Lisboa e Porto

A UEFA aceitou aguardar pela eleição dos executivos municipais de Lisboa e Porto, em 29 de setembro, para que a Federação Portuguesa de Futebol (FPF) se candidate a receber jogos do Euro2020

"A FPF solicitou um estatuto especial junto da UEFA para não vincular os futuros executivos camarários a uma decisão, dando oportunidade aos autarcas eleitos a oportunidade de conhecerem os cadernos de encargos. A UEFA aceitou aguardar pelas eleições de 29 de setembro", disse hoje à agência Lusa fonte oficial da FPF.De acordo com a mesma fonte, o presidente da FPF, Fernando Gomes, só vai aceitar avançar com uma candidatura a acolher encontros da competição "caso haja a garantia de que não vão existir custos para os cofres do Estado".O Comité Executivo da UEFA, que está reunido em Dubrovnik, na Croácia, anunciou hoje ter recebido manifestações de interesse em acolher a prova por parte de 32 federações filiadas, entre as quais a portuguesa, com as cidades de Lisboa e Porto."Apesar de esta ser uma candidatura nacional e de a FPF ser a interlocutora com a UEFA, esta será sobretudo uma decisão local, pelo que no dia seguinte às eleições vai ser dado a conhecer aos autarcas eleitos o caderno de encargos a concretizar até 25 de abril de 2014", explicou a mesma fonte federativa, reconhecendo que apenas os estádios da Luz e José Alvalade, em Lisboa, e Estádio do Dragão, no Porto, são os únicos recintos lusos com capacidade para acolher jogos da competição.Os candidatos podem alterar a escolha inicial de cidades, mas devem entregar o dossiê final até 25 de abril de 2014.As cidades eleitas para acolher a prova vão ser anunciadas pelo Comité Executivo da UEFA em 25 de setembro de 2014.A fase final do Euro2020 vai ser acolhida por 13 países, uma decisão inédita tomada pela UEFA no início deste ano.Os jogos vão ser divididos em 13 diferentes pacotes, com 12 pacotes padrão a incluírem três jogos da fase de grupos e um da fase a eliminar (oitavos-de-final ou quartos-de-final), para estádios com capacidade acima dos 50.000 espetadores, e um pacote a incluir as meias-finais e final, para recintos com lotação superior a 70.000.Tendo em conta a capacidade dos estádios da Luz, de Alvalade e do Dragão, apenas uma das cidades se poderá candidatar a receber jogos da fase de grupos e um da fase a eliminar.Na lista de 32 federações nacionais, além de Portugal, também manifestaram interesse em acolher jogos do Euro2020: Arménia, Azerbaijão, Bielorrússia, Bélgica, Bulgária, Croácia, República Checa, Dinamarca, Inglaterra, Finlândia, França, Macedónia, Alemanha, Grécia, Hungria, Israel, Itália, Cazaquistão, Holanda, Polónia, Portugal, República da Irlanda, Roménia, Rússia, Escócia, Sérvia, Espanha, Suécia, Suíça, Turquia, Ucrânia e País de Gales.

Ler mais

Exclusivos