"Ronaldo nunca me pediu para trocar de camisola"

O futebolista argentino, em declarações à radio argentina, revelou que nunca trocou de camisola com Cristiano Ronaldo porque este não lhe pediu.

Lionel Messi, rival de Cristiano Ronaldo na luta pelo título de Melhor jogador do mundo, revelou ontem que nunca trocou de camisola com CR7 porque o jogador português nunca lhe terá pedido.

"Nunca trocámos camisolas, ele nunca me pediu", disse o argentino à imprensa do seu país.

A recuperar da lesão que o vai tirar dos relvados até 2014, Messi disse estar tranquilo apesar de ir ficar "muito tempo fora de campo".

"Vou recuperar e voltar bem em janeiro, para jogar, tentar continuar o que vinha a fazer e não ter mais problemas" declarou.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.