Rep. Checa também recusa avançar com candidatura

Depois de Portugal, foi a vez da República Checa, através da sua Federação de Futebol, anunciar que não concorre à organização do Campeonato da Europa de 2020.

Esta decisão prende-se com a recusa do município de Praga em renovar o Estádio Eden, onde joga o Slavia de Praga.

A entidade que regula o futebol na República Checa considera esta decisão uma perda para o país, "mas sobretudo para todos os checos amantes de futebol".

Por sua vez, a câmara de Praga acusou a Federação daquele país de ter realizado um projeto "incompleto" para as obras do estádio, bem como de não ter "iniciado nenhuma negociação oficial com o município".

A data de entrega de candidaturas à UEFA termina esta sexta-feira.

Ler mais

Exclusivos