Munique abdicou da final antes da votação

O secretário-geral da UEFA, Gianni Infantino, revelou que a cidade alemã de Munique retirou a candidatura a receber a final e meias-finais do Euro2020 de futebol antes da votação, na qual foi escolhida Londres.

"Antes da votação para a final, Munique retirou a sua candidatura e Londres foi escolhida por unanimidade e aclamação do Comité Executivo da UEFA para a final e meias-finais", explicou o dirigente.

Londres e Munique eram as únicas cidades na corrida para receberem essa fase do Europeu, mas ambas concorriam também por jogos em outros lotes, tendo a cidade alemã sido escolhida para os quartos de final e três jogos da fase de grupos.

O presidente da UEFA, Michel Platini, referiu não saber porque a Alemanha retirou a candidatura, admitindo existir um acordo com Inglaterra para os Europeus de 2024 e 2028, mas talvez por ter também compreendido que Londres tinha mais hipóteses.

"Nos relatórios de avaliação o melhor dossiê era o de Londres e talvez a Alemanha tenha percebido isso", justificou o responsável máximo da UEFA.

Nas semanas antecedentes falou-se na possibilidade de Munique não manter a candidatura até final, abrindo a porta à vitória londrina e esperando o apoio de Inglaterra numa futura candidatura alemã.

"Não há um acordo, mas é claro que quem ganhar a final do Euro2020 não concorrerá para o Euro2024", disse então o presidente da Federação Inglesa de Futebol (FA), Greg Dyke.

Hoje, a UEFA decidiu as 13 cidades-sede do Euro2020 (Munique, São Petersburgo, Roma, Baku, Copenhaga, Bucareste, Amesterdão, Dublin, Bilbau, Budapeste, Bruxelas, Glasgow e Londres, esta como anfitriã da final e meias-finais.

Ler mais

Exclusivos

Premium

educação

O que há de fascinante na Matemática que os fez segui-la

Para Henrique e Rafael, os números chegaram antes das letras e, por isso, decidiram que era Matemática que seguiriam na universidade, como alunos do Instituto Superior Técnico de Lisboa. No dia em que milhares de alunos realizam o exame de Matemática A, estes jovens mostram como uma área com tão fracos resultados escolares pode, afinal, ser entusiasmante.