Histórico 'Fla' quebra longo jejum de 17 anos

Há 17 anos que os torcedores do Flamengo não festejavam o título de campeão do Brasil. O sonho de ver o 'Fla' a vencer o Brasileirão concretizou-se ontem com a vitória frente ao Grémio de Porto Alegre, por 2-1, num Estádio do Maracanã com lotação esgotada: 84 mil espectadores.

"Quando terminou o jogo não acreditei, a emoção é muito forte. Graças a Deus foi uma grande conquista, estou muito feliz", sublinhou Adriano, que marcou 19 golos durante a época.

"Foram 90 minutos de agonia, sem jogar bem, mas que entraram para a história", sintetizou o repórter Eduardo Peixoto, do globoesporte.com.

Roberson, do Grémio, inaugurou o marcador aos 21 minutos, mas oito minutos depois David igualou e deu novo ânimo aos adeptos do Flamengo.

Todavia, só no segundo tempo, aos 69 minutos, é que o clube carioca passou para a frente com um golo de cabeça de Ronaldo Angelim, que deu o hexacampeonato ao 'Fla'. Entre os dois tentos do Flamengo, o Internacional foi um vencedor virtual do Brasileirão.

"Hoje a felicidade é enorme, sendo campeão brasileiro e marcando golo na final. Jamais vou esquecer esta tarde", comentou Ronaldo Angelim.

O seu companheiro de equipa David revelou que sonhou com o golo que marcou durante toda a semana. "Deus sabe o quanto eu lutei por isso e estou muito emocionado hoje (ontem)", salientou David.

A festa começou antes do encontro, com a claque do Flamengo a receber os jogadores ao ritmo da música Brasília Amarela, "copiada" do principal concorrente ao título. "Obrigado a esse grupo maravilhoso", disse emocionado o sérvio Dejan Petkovic, avançado do clube carioca.

O Flamengo terminou o campeonato brasileiro,com 67 pontos, mais dois que o vice-campeão Internacional. Na terceira posição ficou o São Paulo (65 pontos).

A festa dos adeptos do Flamengo estendeu-se às ruas da Cidade Maravilhosa, que ontem teve motivos para antecipar a próxima edição do Carnaval.

Ler mais

Exclusivos