Guiné Equatorial debate possibilidade de organizar a CAN

Segundo a Federação de Futebol da Guiné Equatorial, o presidente da CAF vai na sexta-feira reunir-se com o Chefe de Estado do país para discutir a possibilidade da CAN realizar-se na Guiné Equatorial.

O presidente da Confederação Africana de Futebol (CAF), Issa Ayatou, vai debater, na sexta-feira, com o Chefe de Estado da Guiné Equatorial, Obiang Nguema, a organização da Taça das Nações Africanas (CAN) 2015, depois da retirada de Marrocos.

"Issa Hayatou chega na sexta-feira para propor a Obiang Nguema que seja a Guiné Equatorial a organizar a competição", disse David Monsuy, chefe de imprensa da Federação de futebol deste país que passou a ser, desde de julho de 2014, membro de pleno direito da CPLP (Comunidade de Países de Língua Portuguesa).

No entanto, o Ministério dos Desportos da Guiné Equatorial não fez, até ao momento, qualquer comentário sobre a possibilidade do país vir a assumir a organização da CAN2015, depois de o ter feito 2012, em conjunto com o Gabão.

Após ser conhecida a retirada de Marrocos da organização, na terça-feira, o Qatar prontificou-se a dar toda a ajuda que seja solicitada oficialmente para acolher a CAN 2015, programada para se realizar de 17 de janeiro a 8 de fevereiro, assegurou Hamad Ben Khalifa Bem Hamed Al-Thani, presidente da Federação daquele país, ao qual foi atribuída pela FIFA a organização do Mundial 2022.

Ler mais

Exclusivos