Federação pretende que Del Bosque continue na seleção

O secretário-geral da Federação Espanhola de Futebol (RFEF), Jorge Perez, garantiu que aquele organismo mantém total confiança no selecionador de Espanha, Vicente del Bosque, apesar da prematura eliminação no Mundial2014 dos atuais campeões.

Os campeões mundiais e bicampeões europeus perderam qualquer hipótese de se apurarem para os oitavos de final do Campeonato do Mundo, que decorre no Brasil, depois das derrotas com a Holanda (5-1) e Chile (2-0), resultados que, segundo Jorge Perez, não comprometem o cargo de Del Bosque.

"Queremos que Del Bosque, se assim o desejar, cumpra o contrato que tem até ao Euro2016, em França. Vamos tentar convencê-lo a continuar. É um luxo para a federação tê-lo como selecionador e como homem da continuidade necessária", considerou o responsável da RFEF.

Sobre a futura renovação da equipa, Jorge Perez insistiu que Vicente Del Bosque "é a pessoa ideal para fazer essa transição, que, com toda a certeza, tem de ser feita".

O secretário-geral da RFEF confirmou, porém, que não manteve ainda qualquer reunião com Del Bosque para discutir o futuro, deixando esse encontro para depois do regresso a Espanha.

"Se eventualmente quiser ir embora, vamos fazer tudo para que fique. Ele representa o futebol completo e as críticas não o afetam. A família pode tentar convencê-lo a sair, mas não encontraremos melhor", admitiu o responsável da RFEF.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Saúde

Empresa de anestesista recebeu meio milhão de euros num ano

Há empresas (muitas vezes unipessoais) onde os anestesistas recebem o dobro do oferecido no Serviço Nacional de Saúde para prestarem serviços em hospitais públicos carenciados. Aquilo que a lei prevê como exceção funciona como regra em muitas unidades hospitalares. Ministério diz que médicos tarefeiros são recursos de "última instância" para "garantir a prestação de cuidados de saúde com qualidade a todos os portugueses".