Camacho diz que Cristiano Ronaldo "merece" vencer

O técnico Jose Antonio Camacho, antigo selecionador de Espanha e treinador do Benfica, considerou esta terça-feira que Cristiano Ronaldo merece a Bola de Ouro, mas gostaria que ganhasse Andrés Iniesta.

"Este ano quem merece é o Cristiano Ronaldo e com a alteração de datas para votar é uma oportunidade para ele, mas eu gostaria que ganhasse o Andrés Iniesta", referiu o técnico, que entre 2002/2004 e 2007/08 treinou o Benfica.

Camacho foi, no entanto, muito crítico em relação à FIFA e à organização da Bola de Ouro, e à ausência de Iniesta.

"Se ganhas tudo com o teu clube argumentam que devias fazê-lo com a seleção, e se ganhas com a seleção não me parece lógico que não te deem", sublinhou Camacho, presente no aniversário do jornal Marca.

O treinador, que esteve à frente da seleção de Espanha no Mundial'2002 da Coreia do Sul e Japão, disse ainda que o Mundial do Brasil colocará "todos contra a Espanha", campeã mundial e bicampeã europeia em título.

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.