África do Sul não quer organizar a CAN

O ministro sul-africano do Desporto afirmou nesta segunda-feira que o seu país não está disponível para organizar a Taça das Nações Africanas de futebol (CAN2015), caso Marrocos recue.

"Digo-vos categoricamente que não vamos acolher a competição", afirmou o ministro Fikile Mbalula, acrescentando que o país não tem condições económicas paraacolher a prova.

Marrocos, que deveria ser o palco da competição entre 17 de janeiro e 08 de fevereiro de 2015, pediu na semana passada o adiamento da prova com receio de que a recente epidemia de Ébola possa vir a ser disseminada durante o torneio.

A Confederação Africana de Futebol (CAF) rejeitou o pedido e terá sondado sete países, entre os quais a África do Sul, para receber o evento, que se disputa de dois em dois anos.

A África do Sul, o primeiro país africano a acolher um Mundial de futebol, já recebeu a CAN em duas ocasiões, ambas como segunda escolha: em 1996 depois de o Quénia ter invocado dificuldades económicas, e em 2013 devido à crise política na Líbia.

A Organização Mundial de Saúde informou na sexta-feira que o Ébola matou desde o início do ano 4.500 pessoas entre mais de 9.200 infetados e teme um expressivo aumento do número de infeções, até ao final do ano, na África Ocidental.

Ler mais

Exclusivos