Imprensa lamenta fim da tristeza de Cristiano Ronaldo

Jornais britânicos salientam o facto do português já não estar triste depois do triunfo frente ao Manchester City (3-2).

O futebolista português do Real Madrid Cristiano Ronaldo deixou terça-feira a tristeza para trás e "partiu o coração" do Manchester City, em jogo da Liga dos Campeões, escreve hoje a imprensa inglesa.

"Se Cristiano Ronaldo vinha a sentir-se algo triste antes deste espantoso jogo, por certo deixou outras pessoas num estado lastimável no Santiago Bernabéu", lê-se no diário britânico Daily Mail, referindo-se ao golo do madeirense, a 60 segundos do fim, que selou o 3-2 final favorável aos espanhóis, na jornada inaugural do Grupo D.

O Independent comparou a partida com uma meia-final de um Mundial, explicando assim o facto de o treinador português José Mourinho ter celebrado o tento do compatriota ajoelhado no relvado.

"Os jogadores do City também ficaram de joelhos, devastados por terem perdido, depois de terem estado em vantagem a cinco minutos do final", faz notar o tabloide Sun.

O Daily Express optou por um jogo de palavras: "It all goes Ron (um trocadilho com o nome do português e a palavra wrong, algo que podia ser traduzido como "tudo correu mal/a favor de Ronaldo).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG