FIFA vai anunciar três finalistas no dia 9 de dezembro

A Bola de Ouro de 2013 vai ter três finalistas, apesar de Blatter ter dito que seriam cinco. Messi, Cristiano Ronaldo e Ribéry são os mais fortes candidatos.

A FIFA vai anunciar os nomes dos três finalistas à Bola de Ouro 2013 no próximo dia 9 de dezembro, assim como os candidatos ao Prémio Puskas, para o melhor golo do ano, Prémio "Fair-Play" e Treinador do Ano.

Apesar do presidente da FIFA, Joseph Blatter, ter avançado que a lista dos finalistas à Bola de Ouro passaria a ter cinco finalistas, a edição deste ano vai manter os três jogadores.

O organismo máximo do futebol mundial revelou nesta terça-feira que tornará pública a lista de jogadoras candidatas ao prémio feminino e os 15 avançados candidatos ao "onze" ideal de 2013 da FIFPro.

Os vencedores dos diferentes prémios serão conhecidos no dia 13 de janeiro, numa cerimónia que decorrerá no Palácio dos Congressos de Zurique, Suíça.

O português Cristiano Ronaldo, o argentino Leonel Messi, o francês Franck Ribéry e o sueco Zlatan Ibrahimovic são alguns dos elementos da lista de 23 candidatos à Bola de Ouro 2013 já divulgada pela FIFA e pela revista "France Football".

Entre os candidatos ao Prémio Puskas figura o sérvio Nemanja Matic, do Benfica, com o golo marcado no "clássico" com o FC Porto, a 13 de janeiro, no Estádio da Luz.

Aos 10 minutos da partida, que terminou com um empate a duas bolas, Matic "fuzilou" Helton com o pé esquerdo, de primeira, depois de um centro da esquerda de Melgarejo, após canto de Gaitan, e toques sucessivos de cabeça de Cardozo e Jardel.

- Os 23 candidatos à Bola de Ouro 2013 (por ordem alfabética) são os seguintes: Gareth Bale (Gales), Edinson Cavani (Uruguai), Cristiano Ronaldo (Portugal), Radamel Falcao (Colômbia), Eden Hazard (Bélgica), Zlatan Ibrahimovic (Suécia), Andrés Iniesta (Espanha), Philipp Lahm (Alemanha), Robert Lewandowski (Polónia), Lionel Messi (Argentina), Thomas Mueller (Alemanha), Manuel Neuer (Alemanha), Neymar (Brasil), Mesut Oezil (Alemanha), Andrea Pirlo (Itália), Franck Ribéry (França), Arjen Robben (Holanda), Bastian Schweinsteiger (Alemanha), Luis Suárez (Uruguai), Thiago Silva (Brasil), Yaya Touré (Costa do Marfim), Robin van Persie (Holanda), Xavi Hernández (Espanha).

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG