Ferguson garante que Rooney fica no Manchester United

Treinador escocês falou pela primeira vez após a eliminação frente ao Real Madrid e desmentiu problemas com o avançado inglês, que foi suplente nesse jogo. E também manifestou apoio a Nani

"Dou-vos a minha palavra de honra de que ele estará aqui na próxima época. Não há nenhum problema entre mim e Wayne Rooney. Dizer que não nos entendemos é puro non-sense". Ao seu jeito, simples e direto, Alex Ferguson garantiu esta sexta-feira que o avançado inglês Wayne Rooney não está de saída de Old Ttrafford, ao contrário do que avançou a imprensa inglesa, baseada na alegada insatisfação do jogador pelo facto de ter sido suplente no jogo que ditou a eliminação do Manchester United frente ao Real Madrid na Liga dos Campeões.

"Foi apenas uma decisão tática que ele entendeu perfeitamente. E que resultou. Nem sempre assim é, mas desta vez foi", explicou ainda Ferguson, realçando que Wellbeck era a melhor opção para a tática escolhida para defrontar o Real Madrid.

Nesta que foi a sua primeira aparição pública perante a imprensa após a dolorosa derrota frente à equipa de José Mourinho e Cristiano Ronaldo - no final dessa partida delegou no adjunto Mike Phelan a tarefa de ir à conferência de imprensa -, Ferguson admitiu que "é difícil continuar a ter fé no jogo" depois da decisão do árbitro turco Cuneyt Çakir em expulsar Nani no jogo com o Real, numa altura em que o United vencia por 1-0, o que acabou por abrir caminho à reviravolta dos espanhóis.

O treinador escocês fez questão ainda de descartar Nani de qualquer responsabilidade na eliminação do Manchester United: "Ele estava obviamente muito desapontado e temos de nos livrar desse sentimento de culpa que ele possa ter. Acho que ele não fez nada de errado e essa é a mensagem que lhe queremos transmitir."

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG