Exames médicos afastam hipótese de aneurisma

O estado de saúde do antigo capitão do Benfica está a evoluir de forma satisfatória, mas ainda é considerado grave.

De acordo com o boletim clínico apresentado esta manhã no Hospital Pasteur, Rio de Janeiro, Brasil, pela equipa médica que acompanha Ricardo Gomes, uma angiotomografia cerebral afastou a possibilidade de má formação e de aneurisma, comum após intervenções cirurgicas na sequência de um AVC.

"A evolução do Ricardo tem sido satisfatória e não existe nenhum sinal de complicação. Um exame descartou a possibilidade de aneurisma, que seria grave de tratar nesse momento, e ele vai vencendo mais uma etapa difícil. Cada dia é uma vitória e os indícios são muito positivos", afirmou Ricardo Periard, director do hospital numa conferência de imprensa.

O cirurgião que operou o treinador do Vasco da Gama, José António Guasti, disse que ainda é cedo para saber se Ricardo Gomes vai ficar com sequelas do AVC que sofreu no domingo, durante o "derby" entre o seu clube e o Flamengo. O médico descartou a necessidade de realizar uma nova cirurgia, mas reafirmou que as próximas 72 horas serão fundamentais para perceber a evolução da situação clínica.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG