Everton "afunda" Fulham e pressiona Arsenal

O Everton deslocou-se a Londres para bater o Fulham (3-1), último classificado, e encurtou a distância para o quarto posicionado, Arsenal.

A viagem até Craven Cottagem foi lucrativa para o Everton, de Roberto Martínez. Os toffees bateram o Fulham por 3-1, em jogo da 32.ª jornada da Premier League, e aproveitaram o empate do Arsenal para encurtar as distâncias para o quarto lugar, o último de acesso à Liga dos Campeões.

Uma infelicidade de David Stockdale, guarda-redes do Fulham, permitiu à equipa de Liverpool adiantar-se no marcador aos 51 minutos, mas os londrino encontraram forças para marcar o golo do empate, aos 71', por intermédio do iraniano Dejagah.

Os golos da vitória dos toffees foram marcados nos últimos dez minutos da partida: primeiro foi o belga Kevin Mirallas, depois o escocês Naismith fechou as contas do encontro aos 87'.

Com este resultado, o Everton fica apenas a quatro pontos do Arsenal, quarto classificado e com um jogo a mais. As duas equipas defrontam-se na próxima jornada, em Goodison Park, num jogo que pode ser decisivo para o acesso à Liga dos Campeões.

No extremo oposto da tabela, o Fulham, de Felix Magath, parece cada vez mais condenado à descida de divisão. Os cottagers ocupam a última posição, com 24 pontos, a cinco pontos do 17.º classificado, o derradeiro lugar que assegura a manutenção, West Bromwich (que tem um jogo a menos).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG