"Deus do futebol é argentino e agora o Papa também"

'El Pibe', igual a si mesmo, já comentou a escolha do cardeal Jorge Mario Bergoglio como sucessor de Bento XVI.

Diego Armando Maradona, antigo futebolista e figura maior da Argentina, exultou com os resultados da votação do conclave, que elegeu o cardeal Jorge Mario Bergoglio como novo Sumo Pontífice.

"O Deus do futebol é argentino e agora o Papa também", atirou a antiga glória da seleção do país das pampas, através do seu advogado Angelo Pisani, após ter tomado conhecimento da eleição do Papa Francisco.

A esse propósito, Maradona reiterou que deseja ter uma audiência com o líder da Igreja Católica quando voltar a Itália - ele que trabalha no Dubai -, recordando a "emoção inesquecível" por ter sido recebido por João Paulo II.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG