Derrota do Brasil provoca violência por todo o país

Vários autocarros queimados, lojas saqueadas, veículos vandalizados, arrastão na praia de Copacabana. O resultado da seleção brasileira colocou o Brasil em alvoroço. Dezenas de pessoas já foram detidas. Governo reforça segurança

Vários autocarros queimados, lojas saqueadas, veículos vandalizados, arrastão na praia de Copacabana. O resultado da seleção brasileira colocou o Brasil em alvoroço.

A cidade de São Paulo registou diversos ataques a autocarros no início da noite de terça-feira, mal acabou o jogo entre as seleções do Brasil e da Alemanha, realizado em Belo Horizonte e que acabou com uma humilhante derrota da equipa canarinha (7-1)

Um dos casos de vandalismo mais grave ocorreu numa garagem na zona sul de São Paulo, quando oito autocarros foram incendiados. Alguns adeptos inconformados com o resultado também atearam fogo a veículos em outros dois locais. Segundo relatos da imprensa brasileira no bairro de São Mateus, também na zona leste, uma loja de eletrodomésticos foi saqueada, e um grupo de pessoas fechou uma avenida ao incendiar lixo e móveis.

Em Belo Horizonte, pelo menos cinco pessoas foram detidas. De acordo com informações da polícia, quatro individuos foram detidos por queimarem uma bandeira do Brasil ainda no intervalo da partida, ato considerado crime e um adepto foi preso por desobediência as autoridades. Na Savassi, bairro de Belo Horizonte, ponto de encontro durante o Mundial, alguns adeptos tentaram apedrejar a polícia

As medidas de segurança foram reforçadas sobretudo em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo, com um aumento significativo do número de agentes de segurança pública.

Exclusivos