Danilo e Luisão na equipa ideal da Liga Europa

O sucesso das equipas portuguesas na primeira mão dos oitavos-de-final foi refletido pelas presenças de Danilo (FC Porto) e Luisão (Benfica) na equipa ideal da Liga Europa.

As vitórias de FC Porto (1-0 sobre o Nápoles) e de Benfica (3-1 em casa do Tottenham) colocaram Danilo e Luisão na equipa ideal da primeira mão dos oitavos-de-final da Liga Europa.

O lateral brasileiro do FC Porto teve uma boa atuação ante os italianos, enquanto que o capitão do Benfica foi decisivo no triunfo dos encarnados, ao marcar um "bis", o primeiro da sua carreira, em White Hart Lane.

O Bétis, clube espanhol que venceu o dérbi de Sevilha (0-2), é o mais representado, com quatro atletas, seguido pelo Lyon, com dois representantes, num "onze" dominado por jogadores da Liga espanhola (cinco)

Equipa ideal:

Sommer (Basileia); Danilo (FC Porto), Luisão (Benfica), Jordi Figueras (Bétis), Dídac (Bétis); Juanfran (Bétis), Fofana (Lyon), Vidal (Juventus), Fede Cartabia (Valência); Leo Baptistão (Bétis) e Lacazzete (Lyon).

Exclusivos

Premium

EUA

Elizabeth Warren tem um plano

Donald Trump continua com níveis baixos de aprovação nacional, mas capacidade muito elevada de manter a fidelidade republicana. A oportunidade para travar a reeleição do mais bizarro presidente que a história recente da América revelou existe: entre 55% e 60% dos eleitores garantem que Trump não merece segundo mandato. A chave está em saber se os democratas vão ser capazes de mobilizar para as urnas essa maioria anti-Trump que, para já, é só virtual. Em tempos normais, o centrismo experiente de Joe Biden seria a escolha mais avisada. Mas os EUA não vivem tempos normais. Kennedy apontou para a Lua e alimentava o "sonho americano". Obama oferecia a garantia de que ainda era possível acreditar nisso (yes we can). Elizabeth Warren pode não ter ambições tão inspiradoras - mas tem um plano. E esse plano da senadora corajosa e frontal do Massachusetts pode mesmo ser a maior ameaça a Donald Trump.