Comité de árbitros quer punir Ronaldo e Sergio Ramos

As críticas feitas à arbitragem por CR7 e o capitão do Real no final da derrota caseira com o rival Barcelona, no passado domingo (3-4), foram denunciadas pelo Conselho Técnico de Árbitros (CTA) ao Comité de Competição da Federação Espanhola de Futebol.

As declarações dos dois jogadores do Real Madrid serão analisadas pelo Comité de Competição, que se reúne normalmente à quarta-feira, e daí sairá uma punição ou isenção aos atletas, segundo a agência EFE.

"Não interessava a muitos que o Real ganhasse o jogo. Se ganhássemos, o Barça estava fora da discussão", atirou o melhor jogador do Mundo em 2013 no final do clássico de domingo. Sergio Ramos, por sua vez, afirmou que "há coisas contras as quais não se podem lutar e estão premeditadas. "Se queriam equilibrar a classificação, conseguiram", disse o defesa central, pedindo ainda que o árbitro Undiano Mallenco não apitasse mais jogos dos merengues.

É provável que as sanções dos dois jogadores passem por coimas monetárias. Pep Guardiola, antigo treinador do Barcelona, foi sancionado com uma multa de 15 mil euros, que depois do recurso foi reduzida a 1500. A pena imposta ao atual treinador do Bayern Munique deveu-se a críticas ao árbitro Clos Gómez.

A polémica arbitragem do clássico de domingo centrou-se na expulsão de Sergio Ramos e a marcação de três grandes penalidades, uma delas a favor do Real Madrid.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG