Churrascada com os adeptos para esquecer goleada

Depois da mais pesada derrota da história do clube, diante do Bayern Munique, os jogadores do Hamburgo estão a organizar um churrasco com os adeptos do clube.

No mínimo, inovador. Os jogadores do Hamburgo não se conformam com a derrota (9-2) do passado sábado no reduto do Bayern Munique, em jogo a contar para a Bundesliga, naquele que foi o mais pesado desaire do emblema do norte da Alemanha, e estão a organizar uma churrascada, paga do seus bolsos, para que juntamente com os adeptos possam virar essa página.

Com comida e bebida grátis para os apoiantes que marcarem presença - a inicitiva vai ter lugar no próximo dia 20, na receção ao Fortuna Düsseldorf -, foi o guarda-redes René Adler, internacional germânico, a justificar a ideia no site oficial da equipa: "Partilhamos as vitórias e as derrotas com os nossos adeptos. Não queremos esconder o que aconteceu, mas sim procurar o diálogo e a coesão, especialmente nesta fase tão difícil. É importante ficarmos juntos, por isso, esta ação é importante."

Já o presidente do Hamburgo, Carl-Edgar Jarchow, revelou a sua insatisfação pelo resultado que se verificou na Baviera, mas reforçou a confiança nos atletas do clube, que ainda continua na luta pelos lugares que dão acesso às provas europeias (ocupa a nona posição do campeonato). "O que é que podemos fazer? Despedir todos os jogadores por terem jogado mal? Ainda precisamos deles...", sentenciou.

Exclusivos