Burkina Faso anula poderio da Costa do Marfim

O Burkina Faso, orientado pelo treinador português Paulo Duarte, travou o poderio ofensivo da Costa do Marfim na estreia na CAN2010, impondo um empate 0-0 à adversária de Portugal na fase final do Mundial de futebol.

Apontada como favorita à conquista do título na Taça das Nações Africanas, que se disputa em Angola, a equipa do avançado Didier Drogba dominou o adversário, mas não concretizou nenhuma das várias oportunidades de golo que construiu.
Os defesas Panandetiguiri e Hamadou Tall, ambos da União de Leiria, foram 'totalistas' pelo Burkina Faso, num encontro antecedido de um minuto de silêncio, em memória dos mortos no atentado de que foi vítima a comitiva do Togo.
Drogba, que viu o árbitro Kacem Bennaceur deixar passar em claro uma grande penalidade cometida nos minutos iniciais, esteve em destaque a criar lances perigosos para os colegas de ataque, que foram sendo, sucessivamente, desperdiçados.
O guarda-redes Diakite foi um dos principais responsáveis pelo "nulo", mas também o avançado marfinense Baky Kone, que falhou oportunidades para marcar, a mais flagrante das quais aos 68 minutos, quando desviou de forma deficiente um cruzamento de Gervinho.
A Costa do Marfim, que não conquista o troféu desde 1992, e o Burkina Faso isolaram-se no topo do grupo B da CAN2010, à frente do Gana, que deveria defrontar ainda hoje o Togo, mas apenas entrará em acção na sexta-feira, devido ao abandono da selecção togolesa.
A comitiva do Togo foi vítima de um atentado na sexta-feira passada, do qual resultou a morte de dois membros da sua comitiva - um dos treinador adjuntos e o responsável de imprensa - e o motorista do autocarro.
Jogo no estádio Chimandela, em Cabinda.
Costa do Marfim - Burkina Faso, 0-0.
Equipas:
- Costa do Marfim: Barry Copa, Eboué, Touré, Bamba, Tiéné, Zokora, Touré, Tioté (Dindane, 81), Koné (Kader Keita, 69), Drogba e Gervinho (Kalou, 73).
- Burkina Faso: Diakite, Panandetiguiri, Koné, Mamadou Tall, Keba Paul Koulibaly (Gnanou, 46), Kaboré, Badou, Rouamba, Pitroipa, Dagano (Koné, 81) e Yameogo (Bamogo, 62).
Árbitro: Kacem Bennaceur (Tunísia).
Acção disciplinar: cartão amarelo Keba Paul Koulibaly (27), Touré (71) e Panandetiguiri (74)

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG