Brasil impõe "fator casa" no jogo inaugural do Mundial

Croácia esteve a vencer, mas Neymar, com um "bis" e um penálti muito polémico à mistura, deu a volta ao marcador. Oscar sentenciou o triunfo brasileiro nos "descontos", no jogo inaugural do Mundial.

Festa, emoção, espetáculo e polémica: o jogo inaugural do Mundial 2014 teve um pouco de tudo e terminou com uma justificada vitória do Brasil, por 3-1, embora escrita sobre "linhas tortas". Os pupilos de Scolari, na inacabada Arena Corinthians - que teve problemas na iluminação durante a partida, embora nada impeditivo para o desenrolar do jogo -, tiveram que sofrer para vencer na estreia.

A equipa anfitriã nunca perdeu no jogo inaugural do Mundial, mas a Croácia começou por remar contra essa tendência aos 11 minutos: Jelavic não conseguiu desviar o cruzamento de Olic para a baliza, mas fez a bola bater contra o pé de Marcelo, que não conseguiu evitar o autogolo. Foi o primeiro golo do Brasil marcado na própria baliza em Mundiais e a Croácia prometida vida difícil à seleção da casa.

A Croácia, com os "cérebros" e estrategas Rakitic e Modric a controlarem o meio-campo e o "motor" Perisic a semear o pânico no meio-campo do Brasil nas transições rápidas, viu Júlio César evitar o 2-0 segundos antes de a canarinha chegar ao empate: Neymar rematou com pouca força, em zona central, mas a bola levou a colocação suficiente para bater no poste e entrar (29'). Estava feito o empate e, a partir daqui, só deu Brasil.

Já depois de Scolari ter lançado Hernanes e Bernard (este para o lugar do apagadíssimo Hulk), o Brasil encontrou a salvação através da marca dos onze metros: Fred atirou-se, literalmente, para o chão e o árbitro japonês Yuichi Nishimura assinalou, erradamente, grande penalidade. Chamado à conversão, Neymar bateu Pletikosa (que deixou a bola escapar entre as mãos) e fez história na seleção brasileira.

O avançado do Barcelona já é o sétimo melhor marcador da história canarinha, com 34 golos em 50 jogos - Ronaldinho e Jairzinho também faturaram 34 vezes, mas precisaram de mais jogos para o fazerem. A Croácia, com um boa ponta final, ainda ameaçou chegar ao empate, mas Júlio César negou o 2-2 a Modric e Perisic, com duas boas defesas, antes de Oscar, aos 90+1', fechar as contas com um remate colocado. O Brasil lidera o Grupo A, na véspera do Camarões-México.

Filme do jogo:

90+4' Final do jogo!

90+3' O Brasil cumpre a tradição dos Mundiais: o anfitrião nunca perdeu no primeiro jogo. Já a Croácia torna-se na segunda seleção a perder na estreia depois de ter estado em vantagem no marcador, imitando a Suíça (1962).

90+1' GOLO DO BRASIL! OSCAR FAZ O 3-1! Depois de a Croácia quase ter empatado, o Brasil contra-ataca até chegar ao 3-1, por Oscar, através de um remate colocado, à entrada da grande área.

90+1' Júlio César evita o empate! Perisic atirou uma "bomba", para excelente intervenção do guarda-redes, a segurar a vantagem.

90' Quatro minutos de compensação...

89' Cabeceamento de Corluka, a sair ao lado do alvo.

88' Substituição no Brasil. Saiu Neymar, o primeiro brasileiro a bisar no jogo inaugural desde 1962, e entrou Ramires.

88' Cartão amarelo para Luiz Gustavo, por travar um contra-ataque croata.

86' Remate de Modric, para defesa de Júlio César, a primeira do guarda-redes na partida.

85' No banco da Croácia ainda se protesta pelo penálti mal assinalado a favor do Brasil... Os anfitriões acabam por justificar a vantagem, mas só chegaram à reviravolta através do polémico penálti.

83' A Croácia coloca a bola no fundo das redes brasileiras, mas o lance já tinha sido interrompido, por falta de Olic sobre Júlio César. Curiosamente, o guarda-redes ainda não fez nenhuma defesa na partida.

80' Bernard cruza com perigo e Fred, ao primeiro poste, não consegue o desvio.

78' Substituição na Croácia. Saiu Jelavic e entrou Rebic.

77' David Luiz desperdiça! Excelente cruzamento de Oscar, para a cabeça de David Luiz, que atira por cima do alvo e ainda "impede" que Neymar pudesse finalizar ao segundo poste.

75' Croácia forçada a subir as suas linhas, o que oferece mais espaço para o Brasil tentar as transições rápidas. Hernanes entrou bem na partida.

73' Neymar já é o sétimo melhor marcador da história do Brasil. Tem 33 golos em 50 jogos; Ronaldinho e Jairzinho também faturaram 33 vezes, mas precisaram de mais jogos para o fazer.

71' GOLO DO BRASIL! NEYMAR FAZ O 2-1! Pletikosa quase defendia, mas deixou a bola escapar entre as mãos. Neymar bisa e o Brasil dá a volta ao marcador, através de um penálti mal assinalado.

69' Penálti para o Brasil! Cartão amarelo para Lovren... por uma falta que não existiu. Foi Fred quem se atirou para o chão, num movimento que acabou por iludir o árbitro.

68' Substituição no Brasil. Saiu Hulk e entrou Bernard. Um foi estrela no FC Porto, o outro preferiu a Ucrânia ao Dragão no último verão.

67' Remate forte de Dani Alves, a sair por cima do alvo.

65' Cartão amarelo para Corluka, por travar o contra-ataque de Neymar.

63' Substituição no Brasil. Saiu Hernanes e entrou Paulinho.

61' Substituição na Croácia. Saiu Kovacic e entrou Brozovic.

59' Rakitic, o mais recente reforço do Barcelona (que entretanto vendeu Fàbregas ao Chelsea), deixa um excelente cartão de visita no Mundial 2014, numa altura em que se preparam as primeiras alterações.

57' Dani Alves derrubou subtilmente Jelavic quando este seguia isolado para a baliza, mas o árbitro não terá visto a falta e a infração passível de expulsão.

55' Fred não está a ser bem servido pelos companheiros, enquanto Hulk, encostado à ala esquerda, perde o poder de explosão que tem nas diagonais a partir do lado direito.

53' A bola fica sempre mais "redondinha" nas pés de Rakitic e Modric, que estão a conseguir "congelar" o ritmo de jogo e serenam os companheiros em seu redor.

50' A Croácia surge mais organizada na transição defensiva após o intervalo. A ordem passa por não subir muito as linhas.

48' Jô, Bernard e Willian são opções para Scolari reforçar o ataque na segunda parte.

46' Início da segunda parte. Bola para o Brasil.

45+2' Intervalo na Arena Corinthians, com 1-1 no marcador.

45' Dois minutos de compensação...

45' Investida de Neymar na grande área e remate de Hulk, mas a sair desenquadrado com o alvo, após uma falha de Olic, que tem estado em plano negativo nos últimos minutos.

43' Niko Kovac e Scolari não perspetivam alterações ao intervalo.

41' A Croácia não tem conseguido sair para o ataque e o Brasil joga "instalado" no meio-campo adversário.

39' Neymar entrou para o "top 10" de maiores goleadores do Brasil: com 32 golos, igualou os registos de Ademir e Tostão. Ronaldinho e Jairzinho, com 33, são os próximos alvos a "abater".

37' Brasil com sete remates e 17 ataques perigosos; a Croácia fez três remates e atacou nove vezes com perigo.

35' Período de grande pressão por parte do Brasil. A Croácia tenta evitar a repetição do feito da Suíça, em 1962, única seleção a perder no jogo inaugural depois de se ter adiantado no marcador (3-1 ante o Chile).

33' Neymar começa a "aparecer", enquanto Oscar e Hulk estão longe de estar a cumprir com as expetativas. Na Croácia destacam-se Rakitic, Perisic e Olic.

31' Nos últimos oito Mundiais, o Brasil venceu sempre o jogo inaugural. Como será desta vez?

29' GOLO DO BRASIL! NEYMAR FAZ O 1-1! O avançado brasileiro ganhou espaço na zona central e rematou fraco, com o pé esquerdo, mas a bola saiu bem colocada e bateu no poste antes de entrar nas redes croatas. Está feito o empate, segundos após a Croácia ter estado perto do 2-0.

29' Júlio César evita o segundo! Excelente iniciativa de Perisic, a cruzar para o segundo poste, onde Jelavic apareceu a cabecear para uma boa defesa do guardião.

27' Cartão amarelo para Neymar, por atingir Modric com o braço.

25' Brasil com 68% de posse de bola, mas a Croácia está mais forte nas transições rápidas.

23' Remate potente de Hulk, a sair por cima do alvo.

22' Grande defesa de Pletikosa! Oscar remata em arco, mas o guarda-redes voa para uma excelente intervenção.

22' Remate cruzado de Marcelo, a sair para as mãos do guardião croata.

21' Paulinho entra na grande área e remata para defesa de Pletikosa.

19' Problemas na iluminação na Arena Corinthians, mas o jogo tem condições para prosseguir.

17' Dani Alves domina bem na grande área, mas depois falha no remate.

15' Boa réplica da Croácia na partida, ao ocupar muito bem todos os espaços no seu meio-campo a impedir que Neymar, Hulk e Oscar tenham espaço para explorar o lance individual.

13' Remate de Neymar, para defesa fácil de Pletikosa.

11' GOLO DO CROÁCIA! MARCELO FAZ O 0-1! O lateral-esquerdo coloca a bola na própria baliza e faz o primeiro golo do Mundial 2014. Após uma saída rápida da Croácia para o ataque, Olic cruzou e Marcelo, perante a intervenção de Jelavic, acabou por empurrar a bola para o fundo das redes.

9' Remate de Paulinho, que bate num defesa e sai para pontapé de canto.

8' Croácia quase marcava! Olic ataca a bola ao segundo poste e cabeceia "picado", com o remate a sair bem perto do alvo.

5' Na sequência de um pontapé livre, David Luiz cabeceia em esforço, para Pletikosa defender sem problemas.

3' Cruzamento perigoso de Olic, com David Luiz a afastar o perigo da grande área.

1' Remate forte de Kovacic, a sair ao lado do alvo. É a primeira tentativa da Croácia.

1' O japonês Yuichi Nishimura apita para o início do Mundial 2014!

BRASIL: Júlio César; Dani Alves, David Luiz, Thiago Silva, Marcelo; Luiz Gustavo, Paulinho; Hulk, Oscar, Neymar; Fred.

CROÁCIA: Pletikosa; Srna, Corluka, Lovren, Vrsaljko; Modric, Rakitic, Kovacic; Perisic, Olic, Jelavic.

Brasil e Croácia disputam nesta quinta-feira (21.00) o jogo inaugural do Mundial 2014, na inacabada Arena Corinthians, em São Paulo. A cerimónia de abertura arrancou às 19.15, hora em Portugal continental (14.15 locais), e envolveu a participação de mais de 600 bailarinos ao longo de 25 minutos.

Com a cerimónia preparada em torno de três temas - natureza, povo e futebol -, os músicos Pitbull, Cláudia Leite e Jennifer López interpretaram o tema oficial do Mundial 2014, We Are One (Ole Ola), antes do espetáculo mais aguardado: o pontapé de saída no Mundial 2014, no qual os pupilos de Scolari tentarão chegar ao sexto título mundial.

A seleção de Neymar, Hulk e companhia encontra a Croácia pela segunda vez em jogos oficiais, depois de ter batido a formação balcã por 1-0 no Mundial 2006, golo de Kaká. O Brasil ataca o sexto título, após ter sido eliminado nos "quartos" de 2006 e 2010, enquanto a Croácia procura a surpresa num grupo de inclui México e Camarões, que só jogam na sexta-feira.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG