Biografia polémica de Robert Enke

Quase um ano depois da morte de Robert Enke, a 10 de Novembro de 2009, uma biografia do antigo guarda-redes do Benfica avança com os motivos que o terão conduzido ao suicídio.

A obra Robert Enke, Uma Vida demasiado Curta foi escrita pelo jornalista alemão Ronald Reng. O autor conhecia o guarda-redes desde 2002 e ambos tinham programado lançar um livro sobre Enke em 2015, no final da carreira do jogador alemão. Após a morte de Enke, Reng decidiu utilizar a agenda do futebolista, em que este revelava o seu estado de alma, para escrever o livro. Segundo a obra, o ex-guardião da Alemanha não tinha vontade de levantar-se da cama, sofria de cansaço crónico e falta de energia. O jogador não conseguiu superar a morte da filha Lara, de dois anos, mesmo após ter adoptado Leila, e, por isso, decidiu suicidar-se. O livro está a motivar polémica por revelar essa intimidade.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG