Beckenbauer aprova a "espanholização" no Bayern

O presidente honorário do Bayern Munique Franz Beckenbauer negou que o clube alemão esteja a perder a identidade com a contratação de futebolistas espanhóis, em resposta às críticas de alguns adeptos.

Em declarações à edição desta segunda-feira do jornal alemão Bild, Beckenbauer disse que "esta discussão é uma estupidez", três dias depois de os bávaros terem contratado ao Real Madrid Xabi Alonso, o quinto espanhol do plantel treinado pelo... espanhol Pep Guardiola.

Além do técnico, o Bayern conta no plantel com mais cinco espanhóis: o guarda-redes Pepe Reina e os médios Xabi Alonso, Thiago Alcântara, Javi Martinez e Juan Bernat.

"Quem é que dominou o futebol mundial nos últimos anos? Real Madrid, FC Barcelona e a seleção espanhola. Por isso, não pode ser um erro o Bayern contratar jogadores espanhóis", defendeu a antiga estrela do futebol germânico.

Sobre a estreia de Xabi Alonso com a camisola dos campeões alemães, no sábado, apenas um dia depois de ter sido formalizada a transferência, Beckenbauer lembrou que "jogadores de classe mundial não precisam de adaptações táticas".

No sábado, na segunda jornada da liga alemã, o Bayern de Munique empatou 1-1 na visita ao Shalke 04, adversário do Sporting na fase de grupos da Liga dos Campeões.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG