Augusto Inácio rescinde com Vaslui

A saída do técnico português do emblema romeno já havia sido noticiada na passada quarta-feira, mas só esta sexta-feira se concluiu a rescisão do contrato.

"Vão pagar-me dois salários em atraso, e o que faltava dos 50% do prémio pelo segundo lugar na Liga romena", disse Augusto Inácio em declarações à agência Lusa. Segundo o treinador, o acordo foi conseguido num "clima amigável".

Augusto Inácio, que já foi campeão à frente do Sporting em 2000, desmentiu as notícias que davam conta de um clima de tensão entre ele e a direção do Vaslui. "Sempre fui bem tratado pelo presidente e pelos diretores. Hoje mesmo na saída, houve pessoas que me vieram cumprimentar e desejar sorte", afirmou o treinador de 57 anos.

O antigo defesa internacional português referiu que não lhe parece que vá ficar muito tempo afastado do futebol, mas que de momento vai aproveitar "as férias com a família".

Na base da saída de Augusto Inácio do Vaslui estiveram divergências com o investidor Adrian Porumboiu sobre a entrada de um novo adjunto na equipa técnica do clube.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG